Guarulhos tem infestação de escorpiões em quatro bairros

Escorpiões assombram moradores dos bairros Gracinda, Palmira, Santa Paula e Parque Continental, segundo informou a Prefeitura ao SPTV. O número de aparecimentos dos aracnídeos tem aumentado em Guarulhos. A espécie de maior incidência foi identificada como Tityus bahiensis, conhecida popularmente como escorpião-marrom. Os animais medem entre 5 a 7 centímetros; sua picada age sobre o sistema nervoso.

De hábitos noturnos, esse tipo de escorpião anda com facilidade de um ambiente para o outro e pode se esconder nos cantos mais incomuns. Seu veneno é menos potente do que o do Escorpião amarelo (Tityus serrulatus).


Em caso de picada, a pessoa deve procurar o serviço médico imediatamente e, se possível, levar o animal para que seja identificada a espécie. Segundo a Prefeitura, em Guarulhos, a referência para o atendimento desses casos é o Hospital Municipal de Urgências (HMU), que fica na avenida Tiradentes, nº 3.392, no Bom Clima. Mais informações sobre o assunto podem ser obtidas no Centro de Controle de Zoonoses pelo telefone (11) 2436-3666.

Orientação

Começou nesta segunda-feira, 13, as tendas de orientação da Prefeitura, onde biólogos do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) vão atender a população das regiões com maior incidência de escorpiões, em tendas instaladas nos bairros afetados. A ação, que será realizada das 10 às 13 horas, começou pelo Jardim Palmira. Além de fornecer orientações sobre prevenção, os especialistas irão receber demandas da população relacionadas ao assunto.

As tendas serão montadas nas proximidades das Unidades Básicas de Saúde (UBS) ou em locais de grande movimento. Hoje, 14, os biólogos estão na rua da UBS Cambará (Adolfo de Vasconcelos Noronha); dia 16, na UBS Santa Paula (rua Maria Rosa de Campos); e dia 17, no Jardim Gracinda (rua José Gonçalves Neves), perto do supermercado Barbosa.