Guarulhos terá 110 câmeras para inibir crimes e multar infrações de trânsito

Equipamentos serão instalados em até dois meses nas principais vias da cidade - Foto: Divulgação

A Prefeitura de Guarulhos apresentou no início da semana o projeto “cerca eletrônica de segurança para leitura de placas de veículos”, que pretende instalar 110 câmeras de monitoramento nos maiores corredores viários do município e também nas principais entradas e saídas da cidade. A previsão é de que em até 50 dias a “‘cerca eletrônica’ esteja instalada, intensificando o combate virtual ao crime na cidade”. Na prática, além de monitorar possíveis crimes, as câmeras também poderão registrar infrações de trânsito e aplicar multas sem a presença de agentes de trânsito.

O projeto, desenvolvido em conjunto pelas secretarias de Transporte e Mobilidade Urbana e Assuntos de Segurança Pública, foi apresentado na terça-feira (13) para autoridades das polícias Militar, Civil, Rodoviária Federal e Estadual, em reunião no Paço Municipal. Segundo a Prefeitura é um plano que pretende dar maior segurança a todos os cidadãos que moram em Guarulhos, cujo objetivo é reduzir as ações criminais e também as infrações de trânsito.

A implantação é coordenado pelo consórcio Movi-GRU (Mobilidade Viária Guarulhos). Durante a exposição foi explicado que a fiscalização hoje exercida pela Central de Inteligência Integrada Guarulhos (CIIG) conta com câmeras fixas, híbridas, lombadas e equipamentos portáteis, além de painéis de mensagens e câmeras de segurança integradas.

A chamada “cerca eletrônica”, também conhecida como “anel de segurança”, terá monitoramento 24 horas. O sistema permite a visualização de placas de veículos envolvidos em ocorrências criminais, ou com queixa de roubo. Nesses casos as autoridades policiais serão avisadas em segundos. “Trata-se de uma tecnologia de ponta no combate ao crime”.

A intenção é que haja 70 câmeras fixas Lap’s (leituras automotivas de placas) em 30 pontos das principais vias do município. Além disso, 40 câmeras Speed Dome, que permitem a visualização de imagens em tempo real, serão decisivas no combate a ações criminosas e também a infrações de trânsito.

No encerramento da apresentação, o secretário-adjunto da STMU, Márcio José Pontes,representando o titular da Pasta, Paulo Carvalho, agradeceu a presença e a colaboração de todos os envolvidos e disse que a cerca eletrônica é um passo importante para dar segurança aos guarulhenses. “Como segunda maior cidade paulista, Guarulhos merece isso e muito mais. Estamos atendendo a um pedido do prefeito Guti, que pede trabalho conjunto entre as secretarias, o que não existiria sem um município forte e unido.”

*Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Guarulhos