Guti está mediando diálogo entre empresas de ônibus e condutores

Foto: Silvio J Siqueira

Em entrevista coletiva, na tarde desta terça-feira, questionado sobre a possibilidade de uma greve dos condutores de ônibus a partir da tarde desta quarta-feira, 30, o prefeito Guti afirmou que já conversou com representantes das empresas de ônibus e iria reunir-se com o vereador Mauricio Brinquinho (PT), presidente do Sincoverg (Sindicato dos Condutores) logo mais, colocando-se como mediador do diálogo entre as partes, para evitar maiores transtornos à população, além dos já vividos por outras razões nos últimos dias.

Está marcada uma assembleia do Sindicato dos Condutores, para amanhã, quarta-feira, às 17h, quando será discutido o desfecho da campanha salarial da categoria. O temor é de que, a exemplo do que ocorreu no dia 18, os ônibus comecem a sair de circulação antes da Assembleia. O prefeito respondeu que, como a Lei determina que o poder público seja notificado 72 horas antes e o Sincoverg só notificou a Prefeitura na manhã de segunda-feira, legalmente uma eventual paralisação só pode ter início na manhã de quinta-feira.

Ele prevê que nesta quarta-feira cerca de 65% a 70% da frota de ônibus esteja circulando.

O Click Guarulhos procurou ouvir o que os empresários têm a dizer a respeito da possibilidade de greve. A Assessoria de Imprensa que presta serviços à Guarupass (Associação das Empresas de Transporte de Passageiros de Guarulhos e Região) e ao Guaruset (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Guarulhos e Arujá). Segue a resposta da entidade patronal:

“O Guaruset – Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos e Metropolitanos de
Passageiros de Guarulhos e Arujá – reforça seu compromisso com as questões
envolvendo o transporte coletivo da cidade. A entidade informa que segue dialogando
com o Sincoverg (Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários no Transporte de
Passageiros, Urbano, Suburbano, Metropolitano, Intermunicipal e Cargas Próprias) a
fim de evitar quaisquer prejuízos à operação do sistema e aos usuários.”