Ibama apreende 482 insetos no Aeroporto Internacional de Guarulhos

Insetos estavam classificados como artesanato - Foto: Vinicius Mendonça/Divulgação Ibama

Minuciosamente embalados em saquinhos plásticos e com etiquetas de identificação, 482 insetos que estavam sendo remedidos para Chile tiveram a caixa onde estavam sendo levados retida numa triagem de rotina no Aeroporto Internacional de Guarulhos neste domingo, 14. Após checagem, o Ibama apreendeu a “mercadoria”, que seria despachada a pesquisadores do Chile, com documentação de encomenda de artesanato. Segundo nota do Ibama, o remetente foi multado em R$ 20 mil. 

Insetos foram cuidadosamente embalados e com etiquetas de identificação – Foto: Vinicius Mendonça/Divulgação/Ibama

Lei
O envio de amostra de patrimônio genético ao exterior exige uma série de medidas que precisam ser tomadas pelo do requerente, como possuir registro no Cadastro Técnico Federal (CTF) e Termo de Transferência de Material (TTM), emitido pelo Sistema Nacional de Gestão do Patrimônio Genético e do Conhecimento Tradicional Associado (SisGen), como regulamentado pela Lei nº 13.123/2015 e o Decreto nº 8.772/2016.

*Com informações do Portal o Eco