Implantação da Casa da Trabalhadora Doméstica é prioridade em Guarulhos

Reprodução

A equipe de gestão da Coordenadoria do Fundo Social de Solidariedade da Prefeitura de Guarulhos participou nesta segunda-feira, 08, das audiências públicas que debatem a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), no Legislativo do Município.

A representante da Pasta, Cristiane Megali, em uma rápida explanação, fez uma breve apresentação das funções desempenhadas pela Coordenadoria: “temos como objetivo formular, propor e articular as políticas e ações de promoção social no município”.

Megali ainda declarou que a Coordenadoria trabalha promovendo a inclusão social, combatendo a fome e o procurando erradicar a pobreza e a miséria. A gestora ainda declarou que existem três premissas básicas a serem seguidas: segurança alimentar, nutricional e combate a fome; inclusão social e ações solidárias.

De acordo com a gestora o orçamento previsto para o ano de 2016 é de quase R$ 14 mi e um dos principais objetivos da pasta é a implantação da Casa da Trabalhadora Doméstica, com o intuito de apoiar os trabalhadores da categoria.

por Róberson Balsamão