Por volta das 10h50 desta sexta-feira, 2, o Impostômetro ultrapassou a marca de R$ 1,5 trilhão em tributos pagos pelos brasileiros. Neste ano, o valor foi alcançado 17 dias antes do que em 2014, o que significa que o contribuinte está pagando mais impostos.

Em Guarulhos, o painel do Impostômetro mantido pela Associação Comercial e Empresarial está prestes a completar um ano de sua instalação (ocorrida em 9 de outubro de 2014). Antes do aniversário, o painel mostrará a triste marca de R$ 2 bilhões de impostos pagos só pelo contribuinte guarulhense. A virada dos R$ 2 bilhões acontece na madrugada deste sábado, 4 de outubro.

Quando o Impostômetro Guarulhos foi inaugurado pela ACE, mostrava a arrecadação de R$ 2,7 bilhões de impostos de guarulhenses. O que pode explicar essa arrecadação menor pelo período de tempo é o desaquecimento da economia e do consumo. Para se ter uma ideia da retração, quando a ACE inaugurou o Impostômetro, Guarulhos arrecadava R$ 114,14 por segundo de tributos. Hoje, a arrecadação é de R$ 80,29 por conta da timidez do consumo.

O que dá para fazer

Esse valor é suficiente para construir mais de 45 milhões de casas populares de 40 m², implantar 80 milhões de salas de aula equipadas, asfaltar mais de 900 mil quilômetros de estradas ou garantir o fornecimento de medicamentos à população brasileira por mais de 400 meses.