Internauta reclama da coleta de lixo e critica a falta de educação do povo

Entulho e restos de móveis deixados ao lado de lixeira comunitária - Foto: Wagner Sales/VC Repórter

O internauta Wagner Sales reclama que o caminhão de coleta de lixo não está fazendo a remoção completa de resíduos na lixeira comunitária da rua João de Souza, no Jardim Alvorada. Segundo ele, a reclamação já foi feita para os coletores, porém sem efeito.

“Em paralelo a isso, alguns moradores da Comunidade Curupira estão fazendo descarte irregular de entulho e sofá velho ao lado da lixeira pública. Depois da última enchente, a Proguaru já esteve três vezes no local para fazer a remoção de móveis e demais utensílios velhos descartados ali. Infelizmente, nesta semana, deixaram mais móveis, mesmo depois da orientação de que ali não é PEV”, desabafou.

Ainda segundo o morador, a Proguaru havia orientado que não voltaria para limpar uma quarta vez, e mesmo assim algumas pessoas continuam não respeitando.
“Se chover forte novamente, esses despojos descerão para o córrego e de nada adiantará a limpeza feita”, reclamou.

Sales agradece a iniciativa do colega Anselmo Ramos, por ter tomado providência para a limpeza do córrego entre as ruas Guaratuba e João de Sousa. “Contudo, se faz necessário a colaboração e entendimento mais efetivos dos moradores da comunidade no tocante a não mais dispensar lixo, móveis, etc. Caso contrário, todo esforço será em vão”, disse.

Na manhã desta sexta-feira, 22, alguns sacos de lixos e outros objetos foram deixados no local. “Como vocês disseram, é como enxugar gelo! A lixeira comunitária é de uso exclusivo da comunidade Curupira, está no meu muro; eu autorizei o uso do espaço em favor da comunidade, tendo em vista que o caminhão de lixo não desce até a viela. Mas, infelizmente, há moradores da rua João de Sousa que em vez de usarem lixeiras próprias, jogam lixo lá”, concluiu.

Cobranças
Enviamos questionamentos à Trail, empresa que presta serviço de coleta de lixo à Prefeitura, e à Proguaru.

Resposta Trail
A Trail informou via assessoria de imprensa “que assim que recebeu a demanda do portal encaminhou imediatamente um fiscal para verificar a reclamação”.

Após a checagem, a Trail complementou a resposta: “A inspeção da Trail verificou que os resíduos existentes no local não são do escopo do contrato da empresa”.

Resposta Proguaru
A Proguaru informou que “realizará a limpeza da rua João de Souza nesta semana.” Porém ressaltou que a empresa já executou a remoção de resíduos do local em outras oportunidades e lembrou que “necessita da colaboração da população em não voltar a sujar o local”, inclusive denunciando a prática por meio do telefone: 0800 772 2006.