Internauta reclama de abandono de PEV no bairro dos Pimentas

O Ponto de Entrega Voluntária (PEV) da rua Jacutinga 470, no Pimentas, está abandonado, segundo fotos e reclamação enviadas ao Click por uma internauta.

“Esse PEV é uma verdadeira vergonha. Com frequência levo madeira e entulho lá. Há lixo para todo lado. Faltam funcionários e a Prefeitura leva até 30 dias para vir retirar as coisas”, disse Grazielle Pileggi.

“As caçambas estão superlotadas, mas o povo também não ajuda; eles jogam as coisas por cima do muro. Até a grade foi estourada. A calçada está lotada de entulho e lixo. Do que adianta um PEV desse se a Prefeitura não dá respaldo e suporte?”, questionou.
A Secretaria de Serviços Públicos informa que o descarte correto de qualquer resíduo é de responsabilidade de cada cidadão, “que deve incorporar essa atitude em seus hábitos e, consequentemente, em sua educação e em sua formação cultural.” A população é a primeira a ganhar com a limpeza, mas também é a primeira a perder quando promove a sujeira.

Encaminhamos os questionamentos à Prefeitura e Proguaru.

Resposta

A Proguaru respondeu que “a equipe de tapa-buracos realizará uma vistoria na rua Sardes, no Jardim Angélica, com objetivo de se verificar de quem é a responsabilidade da manutenção. Caso seja da empresa, o serviço será programado.”

Buraco

Há também um buraco na rua Sardes, que está interditada desde o dia 18 de fevereiro. “Tem uma placa indicando que deveria ter ‘homens trabalhando’, mas ninguém aparece lá já faz uns dias”, reclamou.

A internauta Gabrielly Oliveira já havia feito um post alertando para o problema no dia 18 de fevereiro: “Evitem a descida do Estela; na rua Sardes está abrindo uma cratera, porque o asfalto cedeu. Fica próximo à rua da feira de quinta”, escreveu.

SDU contesta

A Secretaria de Serviços Públicos contestou e informou “que a retirada das caçambas não procede. A retirada das caçambas de materiais Ponto de Entrega Voluntária Jurema é efetuada diariamente, de acordo com a demanda. Além disso, o Ponto de entrega Voluntária Jurema teve sua reforma concluída em agosto do ano passado. Iniciada em junho, a obra incluiu construção de um novo muro de 90×2,8 m, cercamento com concertina para evitar invasões, área externa de estacionamento para caçambas específicas para depósito de madeira que possuem capacidade de 20m³ cada, e para caçamba para entulhos, que possuem capacidade de até 5m³ cada.  A edificação de apoio recebeu nova pintura, substituição das janelas depredadas e instalação de novas peças com grades. A caixa d’água também foi substituída. Entretanto, infelizmente, algumas pessoas insistem em utilizar o PEV de forma inadequada. A equipe de manutenção acaba dividindo o trabalho entre a melhoria de estrutura desses locais, e as ações corretivas em relação à falta de educação de algumas pessoas. As ações corretivas obedece programação estabelecida. O morador que testemunhar o descarte irregular no local ou em qualquer outra via ou terrenos públicos deve denunciar pelo 153.”