Internautas reclamam de ‘abandono’ da locomotiva ‘Joaninha’ na IV Centenário

Portal São Paulo Antiga fez reportagem bastante crítica à Prefeitura de Guarulhos - Foto: Reprodução

Leitores do Click Guarulhos se manifestaram por meio do Whatsapp criticando o estado de abandono da antiga locomotiva conhecida por “Joaninha”, que apodrece sob ação do tempo onde funcionava a antiga Estação Guarulhos, do saudoso Trem da Cantareira, na atual Praça IV Centenário, na entrada da cidade pela Via Dutra. Informação curiosa contata pelo Portal São Paulo Antiga é que a máquina nunca percorreu os trilhos que cruzaram a cidade e só representa o período simbolicamente. A bem da verdade, o trecho da praça onde está a locomotiva chama-se atualmente Prefeito Paschoal Thomeu.

Caso a Prefeitura não tome providências, este será mais um patrimônio histórico perdido. O estado da praça também não é dos melhores. Vizinhos afirmam que os moradores em situação de rua que frequentam o local têm feito suas necessidades fisiológicas a céu aberto.

“Há forte odor de fezes no local, o que não acontecia quando havia o posto da Guarda Civil Municipal”, disse um internauta.

Outro lado

Questionada, a Prefeitura respondeu por intermédio da Proguaru, Secretaria de Assistência Social e Guarda Civil Metropolitana (GCM).

Em nota, a Proguaru informou que faz limpeza na Praça IV Centenário constantemente. “De qualquer forma, a reclamação foi encaminhada ao setor técnico para as devidas providências.”

Já a Secretaria de Assistência Social informou que realiza frequentemente rondas e ações na praça IV Centenário. “Na semana passada, a equipe de Abordagem Social esteve no local para ofertar encaminhamentos à rede de assistência social, mas não houve adesões.”

Por sua vez, a Guarda Civil Municipal (GCM) informou que “irá reforçar o patrulhamento na área.” Ressaltando que o local conta com o trabalho da Inspetoria de Patrulhamento da Área Centro, que fica na rua Conceição, 49 – Vila Zanardi.

Serviço
Em caso de emergência, a população pode acionar a GCM pelo 153 ou pelo telefone 2475-9444, que funciona 24 horas.