Justiça nega recurso do governo de SP que pedia reintegração de escolas

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) negou na manhã desta segunda-feira o pedido de recurso da Secretaria estadual da Fazenda Pública que pedia a reintegração de posse das escolas ocupadas desde o início de novembro em São Paulo.

O protesto dos estudantes é contra a reorganização escolar, que prevê a divisão de escolas por ciclos, transferência de alunos  e o fechamento de 93 escolas para o prédio ser usado com outro fim educacional.