Lamé rompe com PT e PMDB adere a Eli Corrêa Filho

Um dos mais fiéis vereadores da base de apoio do prefeito Sebastião Almeida (PT), Lamé Smeili, notabilizou-se por defender o ex-presidente Lula e a política do governo federal.
Eleito duas vezes pelo PTdoB, havia se incompatibilizado com o então presidente local da legenda, Rabih Khalil, e ficará sem partido por algum tempo.

Rabih perdeu o controle do PTdoB, mas conquistou o do PMDB. Quando se aproximava o prazo fatal para filiação, eis que Lamé reaproximou-se de Rabih e filiou-e ao PMDB.
No domingo, 1º de maio, o partido promoveu reunião de seus filiados, no Colégio Fênix, região da vila Rio, e anunciou apoio à pré-candidatura a prefeito do deputado federal Eli Corrêa Filho (DEM).

Nos pronunciamentos, não faltaram críticas à atual gestão petista em Guarulhos. O próprio Lamé disse apoiar integralmente a decisão de unir-se ao democrata. Para Eli Corrêa Filho, “é preciso melhorar a qualidade de vida da população, o que se faz com boa gestão e boa vontade, ingredientes que o PT demonstra não ter”.

Rabih mencionou conhecer Eli Corrêa Filho do tempo em que trabalhava na Assembleia Legislativa e o democrata era deputado estadual. Ele agradeceu aos 75 pré-candidatos do PMDB à Câmara Municipal e disse confiar que todos estarão empenhados em ajudar a promover as mudanças de que Guarulhos necessita.

Valdir Carleto