Por Cris Marques
Fotos Rafael Almeida

E se você pudesse realçar sua beleza, evidenciar os pontos fortes de seu rosto e esconder aquilo que você não gosta tanto assim, utilizando apenas maquiagem? Pois é isso que a make de contorno (ou contouring) oferece: a possibilidade de transformação com a utilização da técnica de luz e sombra. E se você está em dúvida se “funciona” mesmo, é só pensar no visual da cantora Jennifer Lopez, pioneira no uso do método, feito por seu maquiador Scott Barnes, e a socialite Kim Kardashian, uma das maiores representantes desse estilo marcado (às vezes até demais).
Ryckk Gonçalves, especialista em hair e make, da Dolce Vitta Estética e Spa Urbano, explica que o contorno devolve as dimensões do rosto, marcadas pelas sombras naturais da pele, e pode afinar o nariz ou o queixo, diminuir a testa, alongar o pescoço, dar a sensação de um rosto mais magro e, até mesmo, criar ou realçar a famosa “saboneteira” – cavidade que existe no ombro entre o antebraço e o pescoço, acima dos seios. Além disso, segundo ele, não existe uma regra ou uma única forma de fazer. “Cada maquiador trabalha com um sistema, um risco, uma sequência. Mas o objetivo final é o mesmo”.
Para as fotos da matéria, ele executou a técnica tradicional, que deixa o efeito da pele mais leve, respeitando o formato do rosto oval de sua modelo Stefany Grinaura, também funcionária do espaço.

Pincel a postos

A técnica é simples: escurecer as áreas que se quer “esconder” ou minimizar e clarear o que se quer destacar e pode ser usada por quase todas as mulheres, não sendo indicada apenas para rostos muito finos e/ou magros. Para conseguir o efeito, é possível utilizar diversos produtos como base, corretivo ou pó, sempre um no tom da pele e outro mais escuro, e iluminadores. Mas, se a teoria parece fácil, sua execução pode não ser tanto assim. “Dá para fazer em casa sim, só que nunca com o mesmo risco que a gente faz no salão. Seria uma coisa mais leve, mais dosada. O destaque da maçã do rosto, por exemplo. Já se a pessoa tiver uma boa noção de maquiagem ou treinar bastante, ela pode arriscar mais, fazendo os riscos do maxilar, do pescoço, da testa”.

08.04.2015_RA-2

08.04

15.04.2015_RA-2O segredo é esfumar

Segundo Ryckk, para a make de contorno dar certo tem que esfumar bem e pegar leve. “É preciso ter paciência. É melhor ir fazendo aos poucos e conferindo o resultado do que já deixar o rosto todo escuro para tentar corrigir depois”. Mas, se você já passou desse ponto faz tempo, calma! O profissional diz que não é preciso refazer toda a pele. “Com o próprio pó facial, dá para arrumar. É só dar uma ‘sujadinha’ no pincel com um pó mais claro e esfumar até conseguir o tom desejado”, conclui.

Transformação

Michele Barros, estudante de arquitetura, maquiadora e colaboradora do blog PhD em sei lá o que, conta que sempre admirou o poder de transformação da maquiagem e acha a técnica muito interessante, porém ressalta que tudo deve ser utilizado com moderação. Para ela, é legal reparar nos tons de luz e sombra do rosto limpo, na luz do dia, e tentar replicar isso quando fizer a make. “Acredito que a popularidade tenha vindo justamente pela promessa de transformação drástica apenas com maquiagem. […] Eu mesma contorno o meu nariz com algum produto em pó sempre que me maquio, não consigo não fazer. Afinal, afinar um nariz ou diminuir a testa, às vezes, não vai fazer mal”, brinca a estudante.

Dolce Vitta Estética e Spa Urbano
Rua Josephina Mandotti, 106, Jardim Maia.
11 2408-3255
facebook.com/dolcevittaestetica