Manifestação por melhorias na Saúde, na UBS Dona Luíza, nesta segunda

Está marcada para as 10h da manhã desta segunda-feira, dia 12, uma manifestação na Unidade Básica de Saúde do Jardim Dona Luíza. Na ocasião, uma carta aberta será distribuída aos usuários (reproduzida aqui).

Convocada por servidores municipais da Saúde, a manifestação tem por objetivo conscientizar a população de que os servidores não podem ser responsabilizados pelas carências que o sistema público de saúde enfrenta na cidade; aliás, problemas também são constantes nos serviços estaduais. Tem sido comum haver agressões contra funcionários das unidades, que se sentem desprotegidos. Diante da falta de medicamentos e insumos, ou por equipamentos fora de uso por depender de conserto, muitos munícipes revoltam-se e, como os servidores são a face visível da Administração, acabam descontando neles a ira que têm das autoridades.

CARTA ABERTA

“Em defesa dos servidores públicos de Saúde do Município de Guarulhos e dos serviços públicos de qualidade para a população”

Estamos vivendo um ataque ao serviço público. E isso reflete na insatisfação da população e consequentemente na desmoralização dos servidores públicos diante à população. A falta de profissionais, as filas e as carências acabam criando um ambiente onde as tensões explodem.

É isso que a nossa população merece? É isso que os servidores merecem?

Na contramão de ofertar melhores condições de trabalho aos servidores públicos e a ampliação de serviços tão necessários à nossa população, estamos vivendo o sucateamento dos serviços de saúde pública promovido por essa atual Gestão, com diminuição de verbas, a privatização dos serviços públicos e a precarização das condições de trabalho.

Pacientes revoltados com a demora do atendimento, com a falta de insumos, se rebelam contra os atendentes, que são a linha de frente do serviço público.. Além de sofrer com a falta de materiais, de recursos humanos e de infraestrutura, nós, servidores da saúde ficamos expostos à violência durante o trabalho (ameaças, insultos e também agressões físicas).

Convidamos toda população a somarem forças em defesa dos serviços públicos de qualidade para toda população e pela valorização do servidor.

População e servidores precisam se levantar em defesa do serviço público, gratuito e de qualidade.