Ministro da Justiça fica no cargo

José Eduardo Cardozo, conversou com a presidente Dilma Rousseff nesta sexta-feira, 3, e por lealdade permanece no cargo. O Ministro havia dito nesta quinta-feira, 2, que caso ache que ele não contribuísse mais para o projeto, sairia.

Diante dos escândalos, Cardozo não estava suportando pressão dos empreiteiros e do PT para interferir no trabalho da Polícia Federal, na Operação Lava Jato.