Modernização de equipamentos garante melhor distribuição de água em Guarulhos

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Guarulhos realizou, na última terça-feira, 31, intervenção preventiva para modernizar o painel de comando do Sistema Cocaia-Taboão. O procedimento visa evitar paralisações no abastecimento para realizar ações corretivas. Apenas no último ano, houve cinco interrupções de cerca de uma hora cada, o que representa 26,5 milhões de litros a menos de água distribuída, ou 5,3 milhões por paralisação.

Tal quantia seria suficiente para abastecer uma população de 5,3 mil pessoas durante um mês, o equivalente aos habitantes do Parque Renato Maia. O sistema passou por um processo de atualização tecnológica, aperfeiçoando seu controle de pressão e vazão, instalando-se novos inversores de frequência com maior rendimento elétrico, além de melhor arranjo nos conjuntos motobomba que distribuem água para os reservatórios.

O Saae Guarulhos aproveitou a paralisação da distribuição de água para lavagem e desinfecção no reservatório Cidade Martins, na própria terça-feira, para realizar este procedimento, que de outro modo implicaria em mais uma interrupção.

A autarquia salienta ainda que essas ações preventivas são essenciais para a otimização do sistema de distribuição de água, assegurando maior confiabilidade dos acionamentos, menor custo de manutenção do sistema elétrico e, consequentemente, menores gastos para o Saae, visto que a modernização do painel foi realizada com recursos próprios, gerando uma economia de aproximadamente R$ 82 mil. Caso os equipamentos tivessem sido montados por uma empresa terceirizada, o custo estimado seria de R$ 180 mil, mas uma equipe própria da autarquia realizou o mesmo serviço por R$ 98 mil, ou seja, gastando apenas com equipamentos.