Monitores fazem a diferença no Museu de Arte do Rio

Um fator que me chamou a atenção, em visita ao MAR – Museu de Arte do Rio, na praça Mauá, Rio de Janeiro, foi a dedicação e paciência dos monitores, que acompanham os grupos nas visitas, e sabem utilizar a linguagem adequada à faixa etária de cada grupo.

Desde crianças da pré-escola a adolescentes e adultos, buscam situar os visitantes nas épocas e circunstâncias nas quais as obras foram executadas ou com as quais os objetos expostos têm relação.

Um dos andares é dedicado a Tarsila do Amaral e a diversas outras mulheres que se tornaram expoentes em suas áreas de atuação.

Outro faz uma retrospectiva do fotojornalismo ao longo de várias décadas do século XX e algo dos mais recentes anos.

Vale a visita: o ingresso custa R$ 8, a meia entrada, R$ 4. Idosos não pagam. Às terças, o ingresso é gratuito.