Moradores do Rosa de França e Vila Galvão reclamam de ‘produto químico’ na água

Moradores da Rua Campinas, no Jardim Rosa de França – nas imediações da E.E. Prof. José Roberto Friebolin -; da avenida São Bento, na Vila Rosália – próximo ao Saae da rua Caixa D’água -, e avenida Francisco Conde, próximo ao piscinão da Vila Galvão reclamam de gosto e forte cheiro de “produto químico” na água.
A internauta Helen Nice é uma delas. “A água está com forte cheiro de produto químico, semelhante a removedor”, disse.
Outra moradora, da Vila Galvão, disse que “a percepção é de que há muito cloro na água”.
Helena Rolon, 59 anos, dona de casa e moradora do Jardim Moreira, também aponta o cheiro de cloro. “Uso água da rua pra cozinhar, mas para o primeiro café do dia guardo a água do dia anterior, devido ao forte impacto ao abrir a torneira; mas acho normal, até porque isso só acontece quando falta água”, disse.

Resposta

“A Sabesp informa que “serão coletadas amostras de água nos locais indicados ainda nesta quinta-feira, 24. O prazo de análise é de três (3) dias úteis, após os quais os resultados serão informados aos munícipes dessas regiões.”