Munícipe LGBT defende causa e condena PL de Dona Maria (PT)

Após uma munícipe criticar a menção a ideologia de gênero em material paradidático na rede municipal de ensino, um rapaz assumidamente homossexual usou a Tribuna Livre da Câmara Municipal para defender os direitos da comunidade LGBT e condenar a iniciativa da vereadora Dona Maria (PT) de apresentar projeto que visava a proibir a Parada Gay em Guarulhos. O munícipe disse que mesmo sabendo que a vereadora alterou o teor do PL, para proibir a agressão a símbolos religiosos, vê necessidade de expressar-se para garantir que a Constituição seja respeitada, quando afirma que todos são iguais perante a lei.

O vereador Novinho Brasil (PTN) usou a tribuna para afirmar que a bancada evangélica lutará para que o termo “gênero” seja aplicado em material escolar, mesmo que paradidático.