Obra do Rodoanel terá avaliação do IPT e deve atrasar mais


Tido como a maior obra de infraestrutura do estado de São Paulo, o trecho Norte do Rodoanel está com canteiros abandonados desde o ano passado. Agora, a gestão Doria irá contratar o IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) para fazer um pente-fino no que já foi feito, para verificar a qualidade. O contrato é de 6 meses, o que prevê que as construções devem continuar paradas por esse período.

O Governo de São Paulo entende que a avaliação é um mal necessário para a continuação dos trabalhos, antes de recontratar as empresas para terminarem as obras.

O laudo apontará também quanto falta para terminar a construção. Oficialmente, o trecho Norte está com 85% das obras concluídas, porém caso algo tenha que ser refeito, esta porcentagem irá diminuir.

Diversos bairros de Guarulhos foram afetados pelas obras do Rodoanel. Alguns foram divididos ao meio e a população sofre as consequências. A estrada do Cabuçu foi praticamente destruída com o tráfego de caminhões pesados.


O Rodoanel Norte, quando concluído, pssibilitará que um caminhão que esteja na via Dutra e se dirija a Sorocaba, por exemplo, siga direto para atingir a rodovia Castelo Branco, sem passar pelas marginais. A obra, inicialmente, era para ser entregue em 2014, no entanto agora já não há mais prazo.

fonte: Via Trólebus, complementada pelo Click