Patrulha Maria da Penha e Delegacia de Defesa da Mulher realizam palestra

Na última sexta-feira (22) a inspetora da Patrulha Maria da Penha e gestora da Inspetoria de Patrulhamento e Ações Sociais Preventivas (IPASP) da GCM, Darcy Maria Feitosa dos Santos, e a dra. Luciana Lopes, da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Guarulhos, estiveram num salão de cabeleireiro localizado na Vila Augusta, onde realizaram palestra sobre violência doméstica.

A atividade no espaço foi resultado de um convite realizado por uma das mulheres que possui medida protetiva, explicou Darcy. “Essa pessoa é beneficiada pela Lei Maria da Penha e nos chamou para orientarmos outras mulheres que, segundo ela, passam por problemas parecidos, mas não têm informação sobre seus direitos”, salientou.

Na oportunidade, as participantes conheceram melhor a Lei Maria da Penha e o trabalho da Delegacia de Defesa da Mulher e da Patrulha, bem como aprenderam a reconhecer sinais para detectar se o companheiro pode ser um agressor e sobre como acontece o círculo da violência. Acompanhamento das medidas protetivas, como agir em caso de descumprimento da medida judicial, agressão e ameaças; necessidade de juntar provas quando do descumprimento da medida e de registrar boletins de ocorrência a cada novo ataque, também foram temas abordados.

As mulheres também foram orientadas a procurar o trabalho de redes como o Centro de Referência da Assistência Social – CRAS (www.guarulhos.sp.gov.br/centro-de-referencia-da-assistencia-social-cras) e a Casa das Rosas, Margaridas e Beths, que é um centro de referência de atendimento às mulheres em situação de violência doméstica localizado na rua Paulo José Bazani, 47, Macedo.