Perícia contratada pela Veja aponta montagem em vídeo íntimo atribuído a Doria

A pedido da Veja São Paulo, a perita criminal e advogada Roselle Sóglio aponta que o vídeo com cenas explícitas atribuído a João Dória (PSBD), o qual circulou nas redes sociais nesta terça-feira, 23, foi manipulado digitalmente para mostrar o rosto do ex-prefeito de São Paulo e candidato ao Governo de São Paulo.

De acordo com a perita, alguns pontos foram considerados estranhos, como o fato de o homem que está deitado não interagir com as mulheres e olhar apenas a uma mesma direção. “Ele parece artificial, não esbanja nenhuma reação e fica estático na maior parte do tempo, o que não seria o caso num momento como aquele”, diz.

A perita também avalia que não foi retirado qualquer vídeo da internet para a manipulação. A gravação, segundo ela, já foi feita com o intuito de ser alterada posteriormente, a fim de afetar justamente o rosto do homem gravado. Isso porque a iluminação direcionada do espaço teria o propósito de esconder o rosto da pessoa.

Roselle ainda utilizou um software forense de origem canadense, e concluiu que o responsável pela manipulação criou uma espécie de “máscara digital” de João Doria, colando-a sobre as imagens reais do “ator” do vídeo.

Confira a análise completa da perícia no site de Veja São Paulo.