PF prende 3 com skunk e cocaína no aeroporto

A Polícia Federal, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, prendeu entre os dias 18 e 19/5, em ações distintas, três pessoas com drogas ocultas nas bagagens.

Policiais federais, acionados por servidores da Receita Federal, prenderam uma brasileira de 27 anos de idade, que desembarcou de voo proveniente de Lisboa, em Portugal, com 3 tabletes da droga skunk ocultos dentro de fundos falsos de sua mala. O peso total da droga apreendida somou pouco mais de 3 Kg.

No domingo (19), duas pessoas, que embarcariam no mesmo voo, mas que viajariam separadamente, foram presas com cocaína oculta em fundos falsos de pasta executiva e mala. Eles foram detidos ao tentar passar pelo controle migratório, na revista de suas bagagens de mão. Com um homem, nacional da Nigéria, de 31 anos de idade, os policiais encontraram dois volumes contendo pouco mais de 2 Kg de cocaína ocultos em uma pasta executiva. Já com uma brasileira, de 21 anos de idade, a mesma quantidade de droga foi encontrada dentro de um volume, envolto em papel carbono, oculto na estrutura de sua mala. Ambos tinham como destino o continente africano.

Os presos serão encaminhados aos presídios estaduais onde permanecerão à disposição da Justiça.