Plano de demissão voluntária do Saae supera expectativas e atrai 550 inscritos

O programa de demissão voluntária (PDV) oferecido aos funcionários do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Guarulhos registrou 550 inscritos até esta quarta-feira, 24, quando o prazo foi encerrado, o que representa mais da metade do quadro atual da autarquia. A expectativa da diretoria do Saae era receber por volta de 300 inscrições.

A partir de agora os servidores serão chamados individualmente para serem informados do valor a que terão direito. Eles deverão tomar a decisão de confirmar o interesse pela adesão ou não em um prazo de 24 horas. Os aposentados serão os primeiros convocados, seguidos por aqueles com 55 anos ou mais de idade e, por fim, o restante do quadro. As convocações obedecerão à regra do menor para o maior valor a ser pago no PDV.

As entrevistas com o aposentados (cerca de 200) deverão ser encerradas já no início da próxima semana e a expectativa é que todos os 550 inscritos sejam chamados até o final de maio. Não poderão aderir ao PDV os funcionários que estiverem em processo de demissão por justa causa, em licença de interesses particulares ou que ocupem cargo exclusivamente comissionado, além daqueles que estejam respondendo a um processo judicial. Os que possuem estabilidade deverão abrir mão dela para aderir ao PDV.

O servidor que aceitar o plano de demissão continuará trabalhando até sua exoneração ser publicada no Diário Oficial. Os cargos e empregos vagos em decorrência do desligamento de seus ocupantes serão extintos.