População pode denunciar focos do Aedes pela internet

Na próxima segunda-feira, 1º de fevereiro, será lançado um site onde a população poderá denunciar focos de criadouros do mosquito Aedes aegypti. Trata-se de um mapa interativo que permitirá que a população colabore com o poder público no combate ao Aedes aegypti, indicando pontos em que há evidências da presença do mosquito.

As denúncias serão direcionadas aos gestores das 645 cidades paulistas para que os municípios providenciem ações de eliminação e bloqueio de criadouros nesses locais. Os registros também serão acompanhados por agentes da Sucen (Superintendência de Controle de Endemias) e pela Sala de Comando e Controle Estadual das Arboviroses, criada em 2015 para monitorar a presença do Aedes aegypti no Estado e a evolução dos casos de doenças transmitidas pelo mosquito.

O site também permitirá o acesso a videoaulas com orientações e instruções relacionadas ao mosquito transmissor, à prevenção e proteção contra as doenças transmitidas pelo Aedes. Além disso, estarão disponíveis materiais informativos da campanha “Todos Juntos Contra o Aedes aegypti”, como banners e cartazes.

A ferramenta estará disponível no site da Secretaria: http://www.saude.sp.gov.br/.