Prefeitura dá início a treze turmas de cursos gratuitos de formação profissional

Aula Inaugural dos cursos do CTMO no Adamastor - Foto: Fabio Nunes Teixeira

Nesta segunda-feira (6), o Adamastor Centro foi palco da aula inaugural dos cursos do Centro de Treinamento de Mão de Obra (CTMO) oferecidos gratuitamente pela Prefeitura, por meio da Secretaria do Trabalho. O evento reuniu cerca de 270 alunos de 13 cursos de formação profissional oferecidos nos períodos manhã e tarde. O objetivo do encontro foi dar boas vindas aos novos alunos e explicar o funcionamento dos cursos, além de apresentar os demais desenvolvidos pela Pasta.

A secretária do Trabalho, Telma Cardia, aproveitou a ocasião para apresentar a equipe pedagógica responsável pelo projeto, assim como, Clara Ohtsukai, coordenadora geral do Centro de Inclusão Digital e Aprendizagem Profissional (CIDAP), local onde acontecerão as aulas. De acordo com Telma, antes de escolher os cursos que serão oferecidos, a Pasta realiza uma análise do mercado de trabalho para entender quais áreas estão em crescimento e necessitam de profissionais qualificados. “É muito triste ver pessoas que não conseguem um emprego por falta de qualificação, de aprendizado. Por isso, qualificar a população para que seja mais fácil passar por um processo de seleção e assim conseguir o tão sonhado emprego é uma das metas do governo municipal”, afirmou.

Além de toda a estrutura oferecida do CIDAP, os alunos ainda poderão participar de palestras do SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas). Caso os estudantes tenham a intenção de abrir seu próprio negócio após o recebimento do diploma, a Secretaria do Trabalho realizará encaminhamento ao programa de microcrédito do Banco do Povo Paulista.

Denis Silva dos Santos, 17 anos, está animado para começar o curso de web design. “Eu já conhecia os cursos, pois já fiz o de auxiliar de almoxarifado. Os cursos são ótimos, os professores são ótimos, eu não tenho do que reclamar. É uma oportunidade muito boa, eu indico muito ao povo guarulhense que aproveite essas oportunidades que ajudam muito no mercado de trabalho. E a secretaria também já te indica para algumas vagas de emprego quando você termina o curso”, disse.

Centro de Treinamento de Mão de Obra

Os cursos têm duração de três meses e, para se inscrever, é necessário ter no mínimo 16 anos de idade, ser morador de Guarulhos e ter o ensino fundamental completo. Somente para o curso de eletricista é exigida a idade mínima de 18 anos. A seleção prioriza pessoas desempregadas, oriundas de família de baixa renda e em estado de vulnerabilidade social.

Entre os cursos oferecidos estão: antenista, auxiliar de almoxarifado, colorista industrial, estética e imagem pessoal, BPF (Boas Práticas de Fabricação de Indústria Farmacêutica e Cosmética), instalador de monitoramento, marketing e vendas, montagem e manutenção de computadores com ênfase em redes, operador de injetora, operador de rastreamento, porteiro, pré-impressão, introdução a robótica, telhadista, eletricista instalador e controle de medidas.