Prefeitura descumpre decisão judicial e fecha sala de crianças com deficiência

368
Foto de Karina Yamada

Nesta quinta-feira, 16, os parlamentares apresentaram durante a Sessão Ordinária denúncias de pais de crianças com deficiência sobre o fechamento de salas de aula. Trata-se de 16 alunos da escola São Judas, mantidas pelo município em cumprimento de decisão judicial; e 12 alunos atendidos em uma sala de Educação de Jovens e Adultos (EJA), na Escola Municipal Tom Jobim, na Cidade Seródio.

O vereador Edmilson Souza (PT) disse que as famílias não têm condições financeiras para manter os filhos em escolas particulares. “Se o secretário de Educação não reverter essa situação vai cometer um erro gravíssimo”, alertou. O vereador Eduardo Carneiro (PSB) garantiu que vai intermediar a demanda e acompanhar a visita ao secretário para dar apoio às famílias. “Determinação judicial não se discute, cumpre-se”, declarou Carneiro.

Segundo o site da Secretaria de Educação, o município atende 98,7 mil crianças nas escolas públicas de ensino infantil e fundamental. Entretanto, apenas 10 alunos estão oficialmente matriculados na Educação Especial, o que equivale a aproximadamente 0,01% do total. Os conselheiros tutelares vão participar na próxima terça, 21, da reunião da Comissão da Criança, para reivindicar a contratação de professores de Educação Especial e o aumento do número de vagas na rede pública de ensino.

Comissão de Inquérito sobre a Quitaúna

Em função do encerramento do prazo para indicação dos 11 membros da Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Quitaúna ficou estabelecida a seguinte composição: Janete Rocha Pietá (PT), Rômulo Ornelas (PT), Lamé (PMDB), Geraldo Celestino (PSDB), Laércio Sandes (DEM), Toninho da Farmácia (PSD), Luiz da Sede (PRTB), Moreira (PTB), Acácio Portella (PP), Serjão Inovação (PSL) e Wesley Casa Forte (PSB). Os parlamentares devem apurar uma negociação entre a Prefeitura de Guarulhos e a Quitaúna, que permitiu a compra de uma área de 413.000 metros quadrados onde funciona o aterro sanitário da empresa de coleta de lixo.