Prefeitura mantém gratuidade do café da manhã nos restaurantes populares

Em razão da situação econômica do País, muitas pessoas se encontram em situação de vulnerabilidade social, sem condições de arcar com o desjejum, importante fonte de energia para a realização das atividades do dia que vem pela frente. Desta forma, a Prefeitura mantém a gratuidade no café da manhã das duas unidades dos restaurantes populares Solidariedade de Guarulhos, o Zilda Arns (Macedo) e o Josué de Castro (Taboão). Nesses locais, o café com pão e margarina são gratuitos e servidos de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 8 horas, a 100 pessoas em cada unidade.

O secretário de Desenvolvimento e Assistência Social, Alex Viterale, abordou a importância da medida. “Ressalto a importância da manutenção da gratuidade do café da manhã nos restaurantes populares para garantir a segurança alimentar de seus usuários, que são, em sua maioria, pessoas em situação de rua, em extrema vulnerabilidade social e que não possuem condições de se alimentarem por conta própria na parte da manhã. Eles encontram na gratuidade deste café, a possibilidade de uma primeira refeição do dia digna e sem custo”, afirmou Viterale.

O ajudante geral Marcio Henrique da Silva, 32 anos, está desempregado e vem todos os dias de sua casa, na Vila Fátima, tomar café da manhã no restaurante do Macedo. “Caminho uns 30 minutos até aqui só para tomar o café todos os dias. Ele é gostoso e não custa nada”, disse Marcio, que faz bico em um lava-rápido.

Acompanhado do filho Fábio, 13 anos, o borracheiro desempregado, José Luiz Ramos Alves, 49, tem o hábito de tomar o desjejum no Restaurante Popular Zilda Arns. “Hoje meu filho não teve aula e veio comigo aqui. O atendimento é bom e não tenho do que reclamar”, contou José que freqüenta o espaço há mais de dez anos e atualmente tem na reciclagem de materiais uma forma de geração de renda.

Já Fábio, estudante do 7º ano e que pretende ser bombeiro, aprecia o pão. “Gosto do pãozinho. Quando eu crescer, quero ser bombeiro para salvar vidas. Admiro muito o trabalho deles”, revelou espontaneamente o jovem.

Serviço:

Café da manhã: segunda a sexta-feira, das 7h30 às 8h

  • Restaurante Popular Solidariedade Josué de Castro (rua Adolfo Noronha, 49, Taboão)
  • Restaurante Popular Solidariedade Zilda Arns (avenida Monteiro Lobato, 518, Macedo)