Prefeitura tem 72 horas para explicar novos limites das marginais

Juiz da 11ª Vara da Fazenda Pública da capital paulista, Kenichi Koyama, deu o prazo de 72 horas para a Prefeitura apresentar argumentos sobre a ação movida pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) contra a redução dos limites de velocidade nas marginais dos rios Tietê e Pinheiros. A decisão do juiz veio nesta quarta-feira, 22.

  • Pistas expressas: de 90 km/h para 70 km/h e 60 km/h, no caso de veículos pesados;
  • Pistas centrais: de 70 km/h para 60 km/h;
  • Pistas locais: de 70 km/h para 50 km/h.

Para a OAB, o mês que vem, agosto, será um “caos” e a prefeitura está transferindo a responsabilidade da falta de segurança nas marginais para o cidadão, sem discutir antes o assunto com a sociedade

Ainda na terça-feira, 21, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), disse que a redução da velocidade nas marginais é uma experiência e pode ser revista.