Procura pela Carteira do Idoso aumentou 146,56% neste bimestre em Guarulhos

A emissão da Carteira do Idoso em Guarulhos aumentou 146,56% no primeiro bimestre deste ano em relação ao mesmo período de 2018. Nos meses de janeiro e fevereiro do ano passado, a Prefeitura emitiu 446 carteiras, enquanto este ano, até o dia 28 de fevereiro, foram 1.149. A Carteira do Idoso é o documento da pessoa com idade acima de 60 anos e que não tem como comprovar renda individual de até dois salários mínimos para obtenção de gratuidade ou desconto de, no mínimo, 50% no valor das passagens interestaduais, conforme estabelecido no Estatuto do Idoso (Lei nº 10.741/03).

De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social, a procura pelo documento vem crescendo a cada ano, passando de 970 emissões em 2016, 1.395, em 2017 e 3.277, em 2018. Este crescimento corresponde a um aumento de 237, 83% nas emissões nos últimos três anos.


O idoso interessado em adquirir a Carteira deve procurar o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) e se inscrever no Cadastro Único de Programas Sociais (CadÚnico) para obter o Número de Identificação Social (NIS). Caso o idoso já tenha seus dados no Cadastro Único e estes estejam atualizados, o CRAS irá verificar o NIS existente e solicitar a Carteira no sistema.


A Carteira do Idoso possui informações de identificação do idoso, do município em que ele vive, o Número de Identificação Social (NIS), além da foto. O benefício da gratuidade ou de desconto no valor das passagens interestaduais para idosos nos transportes rodoviário, ferroviário e aquaviário é um direito assegurado pelo Estatuto do Idoso, de 2003. Atualmente, os idosos com comprovante de renda já têm acesso a descontos ou gratuidade em viagens interestaduais.


Mais informações podem ser obtidas em uma das unidades dos CRAS, cujos endereços constam no site: http://www.guarulhos.sp.gov.br/pagina/centro-de-referencia-da-assistencia-social-cras