Protetores de animais defendem deputado no caso dos bois doados pela Prefeitura

Repercute a sentença do juiz  Rodrigo Tellini de Aguirre Camargo, da 1a. Vara da Fazenda Pública, que determina à Prefeitura esclarecer a doação de bois ao deputado estadual Feliciano Filho, em 2012, durante a primeira gestão do então prefeito Sebastião Almeida (na época no PT, atualmente no PDT).

Protetores de animais saem em defesa do deputado do PRP, alegando que, de certa forma, ele amparou o gado, que teria de ser abatido, porque a Prefeitura não tinha como mantê-lo.

Fontes ouvidas pelo Click dão conta de que Feliciano agiu de boa-fé, tanto é que sequer há a ele alguma imputação nesse caso. Voz sempre atuante em defesa da causa animal, ele não conseguiu reeleger-se neste ano e está concluindo seu mandato na Assembleia Legislativa.

“Se o proprietário dos bois não cuidava adequadamente deles na época, deixando-os à própria sorte perambulando pelas ruas do Parque Cecap e correndo risco de atropelamento na Marginal Baquirivu, será que agora ele cuidaria bem dos animais?”, questiona uma protetora, cuja identidade o Click irá preservar.

 

foto meramente ilustrativa, extraída do blog Causa Animal Ambiental