Protetores de animais pedem comparecimento a reunião no CCZ

Cães em situação de abandono

Protetores de animais têm se mobilizado para fazer com que a Prefeitura assuma de forma mais efetiva o trabalho de esterilizar cães e outros animais que vivem nas ruas.

A inauguração do segundo Pet Park, há poucos dias, na vila Augusta, acendeu a grita dos cuidadores, que entendem que o Departamento de Proteção Animal está focando em coisas não prioritárias, enquanto questões que envolvem a saúde pública ficam renegadas a segundo plano. Os animais que vivem nas vias públicas reproduzem-se sem nenhum controle, tornando cada vez mais difícil a obtenção de soluções para o problema.

Pelas redes sociais, estão convocando todos os interessados a comparecer ao Centro de Controle de Zoonoses, em Bonsucesso, nesta segunda-feira, às 9h, para participar de reunião e defender a ampliação do serviço de castração.

Outra bandeira levantada pelos protetores diz respeito a cavalos que são criados na área urbana, sem os devidos cuidados, alimentando-se de lixo em terrenos baldios e, muitas vezes, sendo maltratados em serviços de transporte pesado.