Quatro morrem na explosão de caldeira em cervejaria

Enquanto faziam manutenção em uma caldeira na fábrica de cerveja Heineken, em Jacareí (SP), na manhã de quinta-feira, 28, funcionários de uma empresa terceirizada foram vítimas de uma explosão.

Dois deles faleceram no mesmo dia, mais um na sexta-feira e outro no sábado. Dois eram irmãos, Aparecido Agostinho e Altamiro Agostinho. Mesmo tendo sido socorrido de imediato e, após passar pela Santa Casa de São José dos Campos, ser transferido para o Hospital Albert Einstein, Aparecido veio a falecer, pois teve 80% do corpo queimado. Luiz Machado Neto e Rodrigo Silva Azevedo foram as outras duas vítimas. A explosão causou ferimentos em uma quinta pessoa, que foi liberada após ser medicada.

O Corpo de Bombeiros informou que a empresa tinha o AVCB (Auto de Vistoria) em dia. A fábrica divulgou que a caldeira estava desativada no momento do acidente e que a empresa que fazia o serviço é especializada.