Quitaúna só recolherá lixo até terça, dia 30

Fotos: Jackson Argolo/ PMG-SSP

O contrato da Prefeitura com a Quitaúna Serviços vence dia 30 de janeiro e não será renovado. Assim, a empresa cumprirá o determinado e fará a coleta do lixo domiciliar de toda Guarulhos até terça-feira.

A Prefeitura não divulgou à Imprensa sobre o fim do contrato. A notícia foi divulgada nesta sexta-feira pelo site do jornal Guarulhos Hoje, que obteve da Prefeitura a informação de que os procuradores municipais vetaram a continuidade dos serviços pela Quitaúna e que está em fase de conclusão o edital para nova contratação.

CUMPRINDO TODAS AS OBRIGAÇÕES

Consultada, a direção da Quitaúna disse ter tomado conhecimento do fim do contrato pela notícia divulgada pelo site, embora já fosse esperado que isso viesse a acontecer. Segundo fonte da empresa, não há pretensão de recorrer administrativamente nem judicialmente, por não haver amparo legal para tal.

A Quitaúna faz a coleta em Guarulhos desde 1972, portanto há mais de 45 anos. São raras as queixas da população quanto à qualidade do serviço.

Sua direção afirma que cumprirá religiosamente suas obrigações até o último momento e se dispõe a contribuir, desde que legalmente, com a empresa que vier a assumir o serviço. Nesse sentido, coloca à disposição sua experiência, caminhões e demais equipamentos. E espera que a nova empresa aproveite os funcionários que serão dispensados, já que eles conhecem bem a cidade, cada bairro, cada rua e podem ser de enorme valia para a empresa que for contratada, pois não será uma tarefa fácil executar com eficiência essa tarefa diária. A coleta de lixo é o serviço cuja falta a população sente mais rápido quando ocorre paralisação por qualquer motivo.

Indagada sobre a situação de seus funcionários, a fonte da empresa respondeu que serão quitados todos os direitos trabalhistas a que têm direito. Quanto aos valores devidos pela Prefeitura, que vinham sendo pagos com grande atraso há muito tempo, a direção da Quitaúna prefere não se manifestar.

O QUE A PREFEITURA TEM A DIZER?

Enviamos à Assessoria de Imprensa da Prefeitura a mensagem aqui reproduzida, para que possamos publicar as respostas assim que as recebermos:

Tomamos conhecimento pelo Jornal Guarulhos Hoje que a coleta de lixo da cidade só será feita pela Quitaúna até terça-feira, dia 30/1, porque o contrato com a empresa vence nessa data e não será renovado.

Em contato com a direção da empresa, a informação foi confirmada.

Entendemos que a Prefeitura deveria comunicar oficialmente à população da cidade sobre essa mudança, com antecedência, já que a mesma empresa presta serviços ao Município há mais de 45 anos, gerando mínimas reclamações do público atendido.

Não tendo havido nenhuma informação à Imprensa nesse sentido, solicitamos informar se, havendo conhecimento desde o início da gestão de que o contrato estava por vencer e não sendo possível nova renovação, nem a contratação emergencial da mesma empresa por algum período, foi providenciada a tempo licitação para escolha de nova concessionária do serviço. Caso não tenha sido providenciada, por que não o foi.

Considerando que a Quitaúna só fará a coleta até terça-feira, dia 30, qual empresa será contratada emergencialmente para dar continuidade ao serviço?

Qual o período da contratação emergencial?

Quantas empresas participam do certame para escolha da que obterá o contrato emergencial?

O preço para execução do serviço ficará abaixo, acima ou nos mesmos níveis do cobrado pela Quitaúna?