A Rede Record publicou no Jornal da Record, principal noticioso da emissora, reportagem sobre o bloqueio de contas de Francislene Assis de Almeida Corrêa, mulher do deputado federal Eli Corrêa Filho, pré-candidato a prefeito pelo DEM. Ela é uma das donas de um imóvel investigado em um suposto esquema ilegal de supervalorização de terrenos desapropriados para a construção do trecho Norte do Rodoanel.

OUTRO LADO

Quando o caso veio à tona, Francislene declarou ao Click Guarulhos que estava absolutamente tranquila, porque nada haveria de ilegal. Disse que há mais 27 famílias na mesma situação, porque os valores ofertados pelo DER e pela Dersa são muito inferiores aos reais. “Não entendo por que envolvem o Eli nisso. A área é herança do meu pai. Eli não tem nada a ver. Falam só porque ele é pré-candidato a prefeito. Por que não falam dos outros?”, desabafou.