Por Vivian Barborsa

Depois de perder 15 quilos com a corrida, Nathalia Soares mergulhou no mundo fitness e virou blogueira

Só quem passou anos brigando com a balança sabe como seria bom achar um jeito de acabar de vez com essa guerra. E, de preferência, sair vitoriosa dela. Este é o caso da consultora de vendas Nathalia Soares, de 29 anos, que teve problemas com o excesso de peso por muito tempo, mas fez da corrida sua arma secreta para emagrecer e manter o peso – que é a parte mais difícil.
O excesso de peso assombrou a vida de Nathalia por muitos anos. Ela conta que desde pequena praticava jazz e esportes, como natação e ginástica olímpica. Mas, desistiu da última modalidade por causa da barriguinha. “Minha barriga estava grande e eu não conseguia fazer movimentos direito, além de ter que usar collant e isso marcava as gordurinhas”, detalha.
Fácil de achar quem se identifique com essa história até aqui, não é? A diferença é que, em certo momento, a vontade de se cuidar falou mais alto e aí tudo se transformou como num passe de mágica. “Em 2012, eu ia ser madrinha de casamento e já tinha escolhido o vestido. Quando fui provar, o zíper não fechou. Fiquei desesperada. Essa cena me causou muita tristeza e decepção comigo mesma”, lembra.

Correr para viver bem

Depois da decepção, Nathalia começou a procurar métodos de emagrecimento. Mas, algo que fosse definitivo e não temporário. “Eu optei por adequar minha alimentação e voltar para a academia. Busquei algumas inspirações na internet e encontrei pessoas que emagreceram correndo. Comecei bem devagar, na esteira, e depois de quatro meses fiz minha primeira prova de 5 quilômetros. A emoção de completar a prova foi tanta que resolvi fazer outras e desde então não parei mais”.
Além de emagrecer, os benefícios do esporte foram ainda mais longe. Nathalia afirma que correr é a sua terapia e que o treino ajuda a refletir, desligar do trabalho, pensar em coisas boas e até mesmo respirar melhor. “Tenho prazer em correr, não é uma obrigação.”
Na alimentação, Nathalia aprendeu a fazer a escolha por alimentos certos para cada situação. Com a nova rotina, manter a dieta é fácil. Os alimentos saudáveis já são bem-vindos, assim como beber dois litros de água por dia e comer de três em três horas.

Emagreci, e agora?

Desde que reeducou a alimentação e passou a praticar corrida, Nathalia viu a balança cair dos 73 para 58 quilos. Ufa! Batalha vencida. Mas, a pior parte é manter esse resultado. “É difícil porque há semanas em que você abre mão de alguma coisa na dieta, vai a festas ou tira férias, e aí é normal engordar um ou dois quilos. Mas é só voltar para a rotina que o corpo volta também. Desde o começo do ano estou com 58 quilos e não engordei mais.”
Além de ganhar a batalha contra a balança, a relação com o espelho melhorou bem. “Minha autoestima mudou muito. Já aceitei que posso pedir P ou 38 nas lojas e me sinto mais segura para ousar nos decotes, mas confesso que biquíni ainda é um tabu, apesar de me sentir um pouco mais à vontade na praia. A pele e o cabelo também passaram por mudanças positivas neste processo”, conta ela.

No ritmo dela

No fim de 2014, com tantas mudanças no corpo, as pessoas começaram a perguntar o que ela fez, o que comia e tudo sobre sua nova vida. Foi então que ela resolveu criar um blog, o noritmodela.com, que tem tido bastante sucesso. “Acho que é uma ferramenta incrível para incentivar outras pessoas. Já recebi e-mails e comentários de quem voltou a correr por causa do blog e isso me deixa muito feliz. Além do que acho que vale registrar que eu trabalho, tenho vida social, sou casada – e sempre tive o apoio do meu marido – e consigo manter o equilíbrio com a vida fitness. E, é claro, eu também sou incentivada pelas pessoas que me chamam de inspiração. Às vezes, estou com preguiça ou frio, e então vejo um comentário desses e me fortaleço para não desistir”, diz.
Os próximos passos de Nathalia são largos e firmes, já que ela está se preparando para a 3ª meia maratona, de 21 quilômetros.

Correndo em Guarulhos

11181926_10206926152496766_750389542_oA consultora de vendas morou por anos na cidade. E para quem quer correr por aqui, a dica é começar pelo lago da vila Galvão. “Sempre gostei de correr no lago dos Patos, porque conseguia intercalar o treino com subidas, além da estrutura para alongamentos e de ser um local bem movimentado”, diz.
O Bosque Maia também é referência para quando Nathalia vem para Guarulhos ver a família e os amigos, que continuam por aqui. “Os percursos são maiores e também é um bom lugar para treinar velocidade e tiros. Aos domingos, vale muito a pena aproveitar a ciclovia e fazer treinos de longa distância. Para quem prefere correr durante a semana, observei que há algumas turmas que se reúnem para fazer exercícios funcionais, e os aparelhos no parque ajudam no alongamento pré e pós-corrida”, detalha.

Rápida e linda

Além de dar dicas de corrida e alimentação, a blogueira ensina como entrar no ritmo da moda fitness. “As mulheres são muito vaidosas, então as marcas têm investido em peças funcionais e bonitas. Não vivo sem saias com shorts de compressão, elásticos para o cabelo, viseiras, polainas, calças coloridas de cintura alta, tops fashions, como os croppeds, meias de compressão coloridas, polainas e uma correntinha com a menina correndo no pescoço, porque dá para explorar o lado mulherzinha mesmo correndo”, sugere.
As marcas mais queridinhas de tênis são Nike e Asics, mas ela explica que além de bonitos, eles têm que estar de acordo com a pisada e objetivo de cada corredor. “É muito importante fazer o teste de pisada, pois cada tênis é fabricado para um tipo. É possível fazer esse teste gratuito nas lojas da Asics e da Adidas”, completa.

#Ficaadica
Quem gosta do universo da corrida, fitness e qualidade de vida pode acompanhar as dicas, histórias e rotina da corredora nas redes sociais e, quem sabe, entrar no ritmo dela.
www.noritmodela.com/instagram.com/nathaliasoares