Saae cobra R$ 250 milhões em atraso de grandes consumidores

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Guarulhos começou, na semana passada, a cobrar cerca de R$ 250 milhões de grandes devedores espalhados pela cidade. Trata-se de obrigações vencidas e não quitadas inscritas em dívida ativa com ação de execução fiscal que poderão ser pagas imediatamente ou parceladas, o que evitará o prosseguimento do processo judicial.

 A opção pelo parcelamento implicará a suspensão da ação judicial até a liquidação final dos débitos. Após esta, a ação será encerrada. O devedor será convidado a comparecer à sede administrativa da autarquia, no Gopoúva, em no máximo 15 dias úteis a partir do recebimento da notificação, podendo agendar a presença através de um telefone presente na carta. O não comparecimento implicará medidas judiciais cabíveis.

 O recebimento de ao menos uma parcela de todo o valor devido poderia melhorar substancialmente a disponibilidade de água para Guarulhos. O Saae possui diversos projetos que ainda não saíram do papel devido à falta de recursos financeiros para investir em obras de abastecimento. Poderia, ainda, ser utilizado na construção de coletores-tronco para levar o esgoto às estações de tratamento (ETEs), ou até mesmo erguer novas unidades do tipo em pontos estratégicos da cidade.