Saae explica por que está faltando água

Prefeitura e Saae divulgam nota sobre falta de água em Guarulhos

A Prefeitura de Guarulhos reconhece que vários bairros da cidade estão sofrendo com o desabastecimento de água nos últimos dias, em virtude de uma série de fatores. Informa também que está realizando todos os esforços possíveis para minimizar os transtornos à população.

 

As altas temperaturas registradas nos últimos dias fizeram com que houvesse um aumento natural do consumo de água, o que levou à baixa do nível dos reservatórios. Desta forma, Saae, em diferentes oportunidades, acabou sendo obrigado a fechar a distribuição a fim de resgatar níveis ideais para garantir o abastecimento.

 

Em paralelo a isso, na última terça-feira, uma árvore caiu sobre uma casa de bombas no Pimentas, interrompendo o abastecimento em 44 bairros. Como o problema demorou mais de 48 horas para ser resolvido, mais uma vez os reservatórios acabaram prejudicados e o restabelecimento demorou mais para ser realizado. Como muitos consumidores utilizaram as reservas de suas caixas nestes dias, a volta da água acaba sendo mais lenta, já que as pessoas aproveitam o retorno da água para encherem seus reservatórios particulares.

 

Como foi amplamente divulgado, desde o último dia 12, a Sabesp iniciou algumas obras para garantir o fim do rodízio nas regiões do Pimentas e Centro nos próximos 3 meses e na cidade toda em um ano. Em alguns momentos, devido a essas intervenções, foi necessário interromper o abastecimento para algumas regiões. A Sabesp já está liberando mais água para diferentes regiões de Guarulhos, mas – devido ao acúmulo de problemas – ainda não é suficiente para garantir um abastecimento adequado em toda a cidade.

 

Lamentavelmente, ainda é perceptível que – em regiões onde a água chega – muitos consumidores acabam desperdiçando. Neste sábado, equipes da Prefeitura e do Saae flagraram centenas de munícipes utilizando mangueiras para lavar calçadas e carros em vários bairros. Este tipo de atitude em um momento crítico acaba prejudicando toda a coletividade. Por isso, é fundamental que – além das ações que vêm sendo realizadas pelo poder público – a população colabore economizando água, evitando atitudes que atrapalham a normalização dos serviços.

 

Mais uma vez, a Prefeitura busca atender as solicitações que vêm das mais diferentes regiões, colocando mais de 50 caminhões pipa à disposição para encher reservatórios de condomínios e bairros em condições mais críticas. O Saae não permitiu que seus funcionários que atuam na área de distribuição entrassem em recesso neste final de ano e coloca toda sua força de trabalho nas ruas para auxiliar no que for preciso.

 

A Prefeitura de Guarulhos reitera o pedido para que todos busquem auxiliar neste momento crítico e passageiro, evitando o desperdício. E garante que os esforços que estão sendo realizados resolverão os problemas de falta de água, que se arrasta há décadas, não apenas por alguns dias, mas para sempre. Em um ano, Guarulhos terá água nas torneiras todos os dias e o dia todo, a partir deste acordo com a Sabesp.

Subsecretaria de Comunicação 

Imprensa/Redação – 2464-1008

Dep. Fotografia – 2464-1029

Diretoria Imprensa e Gerência – 2464-1023 / 2464-1024

E-mail: imprensa@guarulhos.sp.gov.br

Portal: www.guarulhos.sp.gov.br

FB: www.facebook.com/PrefeituraGuarulhosOficial