Os Servidores Municipais entram em greve a partir do dia 5 de outubro. A categoria luta por mudanças no projeto que implanta o Regime Jurídico Único e corta direitos. A paralisação foi aprovada terça, 29, durante assembleia na sede do Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública Municipal de Guarulhos (Stap).

O presidente do Sindicato, Pedro Zanotti Filho, destaca: “Os Servidores vão parar porque sabem que a luta é justa. Não admitimos perder direitos que foram conquistados ao longo de anos. Isso é sagrado”. O apoio à greve tem crescido, chegando a todas as repartições e órgãos da Administração.