Sete fatos curiosos sobre a Copa do Mundo

O futebol brasileiro é um dos mais apreciados mundo afora, e não é à toa, já que participamos das 21 edições da Copa do Mundo e fomos o único time a faturar o título cinco vezes. Mas nem só de Brasil vive o maior campeonato esportivo mais comentado do globo. Separamos sete curiosidades sobre os 88 anos do evento futebolístico.

1 – Desde a sua criação, a Copa só deixou de acontecer de 1939 a 1949, por causa da Segunda Guerra Mundial. Na copa de 1950, no Brasil, as seleções estavam comportadas: nenhum jogador foi expulso em nenhuma das 22 partidas disputadas;
2 – A seleção com maior número de cartões vermelhos acumulados em copas do mundo é da Argentina. No total, são 10 cartões vermelhos. O Brasil vem em segundo lugar com 9 cartões vermelhos;
3 – O maior artilheiro de todos os tempos da história da Copa do Mundo é o brasileiro Ronaldo. Ele participou de 4 Copas do Mundo (de 1994 a 2006) e marcou 15 gols. Já o francês Just Fontaine é o maior artilheiro em uma única Copa. Na de 1954, realizada na França, Fontaine marcou 13 gols;
4 – As edições da Copa que tiveram o maior número de gols foram as de 1998 (França) e 2014 (Brasil). Nas duas foram marcados 171 gols;
5 – O goleiro que ficou o maior tempo sem tomar gols em uma Copa do Mundo foi o italiano Walter Zenga, que na de 1990, ficou 517 minutos sem sofrer gols;
6 – A maior goleada da história da Copa do Mundo ocorreu na Espanha, em 1982. A Hungria venceu El Salvador pelo placar de 10 a 1;
7 – Na final da Copa do Mundo de 1990, na Itália, o árbitro esqueceu-se de olhar o tempo no relógio e o primeiro tempo chegou aos 53 minutos.