Sob medida: por dentro dos tratamentos estéticos

Não tem jeito! Tempo vai, tempo vem e a vontade de manter a beleza em dia e promover a autoestima continua a mesma. Não estamos falando daquela ditadura da beleza, que muitas vezes escraviza, mas daqueles típicos probleminhas que perturbam a vida da maioria das mulheres e, ultimamente, de muitos homens: gordura localizada, celulite, estrias, envelhecimento e flacidez. Mas, tranquilize-se: há solução! Além de uma alimentação balanceada e atividades físicas, os tratamentos estéticos estão aí para comprovar sua eficácia. E para ajudar você a entender como eles funcionam, separamos aqui cinco procedimentos de ponta que prometem fazer a diferença: criolipólise (gordura localizada), radiofrequência (flacidez), Dermapen (antienvelhecimento), carboxiterapia (estrias) e massagem modeladora (celulite). Olho neles!

Gordura localizada

Tratamento: criolipólise.

O que é e como funciona? Utiliza-se de baixas temperaturas para acabar com a gordura localizada. O aparelho é colocado na superfície da pele sobre uma manta, que protegerá o paciente. As células de gorduras são congeladas para serem destruídas e eliminadas através do sistema linfático de forma definitiva em até 90 dias.

Quantas sessões são indicadas? Normalmente, uma. Após a sessão, é realizado um tratamento até completar três meses, já que o pós-crio é muito importante para o resultado final.

Quanto é possível perder em cada sessão? Varia, mas a média é de 5 a 10 cm, com redução de cerca de 25% da região tratada, porcentagem que o aparelho é capaz de congelar.
Diferencial: é o mais inovador, indolor, não tem restrições pós-procedimento e nota-se o resultado na primeira aplicação. Não é invasivo e a sensação é de um beliscão.
Pós-procedimento: a indicação é usar cinta por 15 dias para ajudar a modelar e a não inchar, e evitar anti-inflamatórios e antibióticos para não anular o efeito da inflamação ocasionada pela criolipólise. Não há efeitos colaterais, sendo que o paciente pode trabalhar ou praticar atividades físicas em seguida.

Contraindicações: marcapasso, diabetes descompensada, prega cutânea menor do que dois centímetros, gestantes, urticária ao frio, entre outras.

Fonte: Ariane Leal/Emagrecentro.

Flacidez

Tratamento: radiofrequência (flacidez tissular).

O que é e como funciona? Age por meio da geração de calor no tecido embaixo da pele, induzindo a produção de novas fibras de colágeno. Para isso, são emitidas correntes de alta frequência; a temperatura é controlada em 40/42 graus. Pode ser realizada em todas as regiões do corpo e face, exceto na região da tireoide.

Quantas sessões são indicadas? Depende do grau da flacidez, mas normalmente dez.
Nota-se o resultado em quanto tempo? A partir da terceira sessão, dependendo de vários fatores, como idade, local de aplicação, grau de flacidez, número de sessões e manutenção dos resultados obtidos.
Diferencial: além da melhora do aspecto da pele e flacidez, também atua na gordura localizada e na celulite. Não é invasivo nem indolor, pois o calor é controlado pelo termômetro.

Pós-procedimento: para um melhor resultado, indica-se um creme firmador e a ingestão diária de colágeno em pó.
Contraindicações: doença de pele na área tratada, marcapasso, desfibrilador ou implante eletrônico, coagulopatias, gestantes, histórico de trombose profunda, uso de determinados medicamentos, desordem endócrina, entre outras.
Fonte: Ariane Leal/Emagrecentro

Antienvelhecimento

Tratamento: Dermapen.

O que é e como funciona? Um aparelho com pequenas agulhas faz microfuros na pele, que se regenera e produz colágeno. Além disso, quando os furinhos são feitos, qualquer substância colocada penetra até nas camadas mais profundas, obtendo uma ação mais eficaz; é o chamado “drug delivery”. Pode ser apenas uma substância ou um coquetel de ativos.

Nota-se o resultado em quanto tempo? Trata-se de um tratamento de longo prazo. Os primeiros resultados começam a surgir pelo menos um mês depois, já que a produção de colágeno é lenta. São necessárias, no mínimo, três sessões para identificar sua eficácia. Na face, também melhora muito cicatrizes e manchas. É indicado, inclusive, para o tratamento de melasma.

Diferencial: tem efeito similar ao laser de CO2 fracionado, que é um excelente equipamento, porém, o Dermapen apresenta algumas vantagens, como custo mais baixo e um pós-procedimento mais tranquilo. É minimamente invasivo e pouco dolorido, sendo realizado com a aplicação de um anestésico em creme.
Pós-procedimento: presença de hiperemia (vermelhidão) na pele, que pode durar até dois dias. A maquiagem disfarça, mas a recomendação é não usá-la por 24 horas. Não é necessário repouso, mas aconselha-se evitar qualquer atividade que aumente a circulação local.

Contraindicações: diabetes, doença neuromuscular, gravidez, doença vascular do colágeno, entre outras.
Fonte: Mariana Netto e Fernanda Netto/Fisio Slim Centro Estético.

Estrias

Tratamento: carboxiterapia.

O que é e como funciona? Técnica na qual se utiliza o gás carbônico medicinal (dióxido de carbono ou CO2) injetado no tecido subcutâneo, estimulando efeitos fisiológicos, como a melhora da circulação e a oxigenação tecidual. Elimina completamente as estrias que ainda estão arroxeadas, rosadas ou avermelhadas. Já as brancas diminuem de tamanho, largura e espessura, ficando menos evidentes.
Nota-se o resultado em quanto tempo? Em média, após a quinta sessão, mas melhores resultados são notados quando a técnica é aliada a outros procedimentos. Com este tratamento, as estrias geralmente não voltam, mas é preciso evitar variações de peso e hidratar corretamente a pele. O número de sessões indicadas varia conforme o caso.

É invasivo? A dor varia relativamente de pessoa para pessoa, pois a entrada do gás sob a pele proporciona um ligeiro descolamento. Por isso, recomenda-se iniciar a sessão com menos gás, para que a paciente vá se acostumando aos poucos com a técnica.
Efeitos colaterais: dor e inchaço no local da injeção, sensação de dormência ou ardência na pele e pequenos hematomas na região da aplicação. A dor pode durar de minutos a algumas horas e vai diminuindo aos poucos, assim como o inchaço e a hiperemia local.
Contraindicações: devido aos efeitos colaterais, a carboxi é contraindicada em casos de alergia na pele, obesidade, gravidez, herpes e doença cardíaca ou pulmonar.
Fonte: Mariana Netto e Fernanda Netto /Fisio Slim Centro Estético

Celulite

Tratamento: massagem modeladora

O que é e como funciona? Trata-se de uma técnica manual avançada, com ativos liporredutores que visam reduzir o acúmulo de gordura e o aspecto da celulite, classificada corretamente como HLDG. Nos pacotes oferecidos na clínica (Emagrecentro), costuma-se usar o ultrassom e a plataforma vibratória, que ajudam a diminuir a retenção de líquidos. Por ser uma técnica de contato manual, permite, ao longo do tratamento, uma mais acurada avaliação, o que possibilita a introdução de outras técnicas para uma melhor eficácia.
Nota-se o resultado em quanto tempo? É possível notar uma grande diferença já nas primeiras sessões; a resposta é bem rápida. Porém, a indicação é de, no mínimo, dez sessões, sendo necessário um tempo de 24 horas de intervalo. São realizadas de duas a três vezes por semana.

É invasivo? Não. Após o tratamento, o paciente pode voltar imediatamente às suas atividades.

Pós-procedimento: é aconselhável tomar bastante líquido e usar cinta modeladora, principalmente após a sessão.
Efeitos colaterais: leves dores musculares, inchaço leve na região e efeito diurético.
Contraindicações: gestantes, doenças infecciosas, pacientes oncológicos, diabetes, entre outras.

Fonte: Laís de Oliveira/Lu Ribeiro – Moda, Beleza e Estética.

Serviços

Lu Ribeiro – Moda, Beleza e Estética
Av. Dr. Renato de Andrade Maia, 318 Parque Renato Maia
4803-1146 / 95221-9689
Laís de Oliveira

Fisio Slim – Centro Estético
Avenida Doutor Carlos de Campos, 43 – Sala 7, Parque Renato Maia
2408-6253 / 97485-1003
Fisio Slim Centro Estético

Emagrecento
Rua Oswaldo Cruz, 84, Centro
2229-8193 / 2864-1361 / 97083-7580
Facebook/emagrecentro.guarulhos