‘SP: Crônicas de Uma Cidade Real’ tem pré-estreia nesta segunda, 25, no Cine Olido

Com coordenação de produção da guarulhense Barbara Mascarenhas, o filme “SP Crônicas de Uma Cidade Real” tem pré-estreia nesta segunda-feira, 25, às 19h30, no Cine Olido (avenida São João, 473 – Centro). A entrada é franca, porém a recomenda-se retirar o ingresso com uma hora de antecedência na bilheteria.

As cinco crônicas do roteiro têm como pano de fundo a Capital Paulista e em cada uma delas um gênero sobressai. No mesmo filme, o espectador encontra um pouco de drama, humor negro, ação, terror psicológico e trama policial.

O primeiro episódio, Extração, com roteiro de James Salinas, tem como foco a ação. Dois grupos armados marcam um encontro para que haja a troca de reféns entre um informante de cada grupo. Com pouco diálogo e muita ação, a trama prende a atenção.

O segundo episódio, “Uma Lata de Atum”, narra o drama de um homem, vivido por Carlos Morelli, que resolve fazer justiça com as próprias mãos e mantém um rapaz (Joaz Campos) preso no interior de sua casa. Aos poucos um crime envolvendo a filha do dono da casa revela a intenção de punir o assassino. A trama, com muita tensão, tem um final inesperado.

Como as cinco crônicas acontecem em São Paulo, o diretor intercala as histórias com imagens da cidade, com tomadas aéreas e um olhar original. Recheado de tramas densas, o filme provoca uma reflexão sobre a realidade espelhada na maior cidade da América do Sul.

Marcelo Rafael, Julio Rocha e Nicolas Trevijano, ao lado do diretor Elder Fraga – Fotos: Vivian Fernández

Elenco
Luciano Chirolli, Júlio Julio Rocha, Rubens Caribé, Rui Ricardo Diaz, Ricardo Gelli, Nicolas Trevijano, Carlos Morelli, Joaz Campos, Gustavo Haddad, Alexandre Barros, Gabriela Wazlawick, Luciano Gatti, Camila dos Camila Dos Anjos, Ando Camargo, Patrícia Vilela, Beno Bider, Marcelo Rafael, Rogério Roger Brito, Sandrao Rzo WU, Nego Jam, João Miller, Pablo Raphael Ginevro, Edgar Pedro de Souza, Marcos Michel, Luiz Sorrentino, Cesar Sorrentino e Alexandre Tigano.


Equipe de produção
Barbara Mascarenhas é guarulhense, arte educadora e coordenadora de produção. Formada no Senac Lapa em Comunicação e Arte, trabalha há 17 anos em vários seguimentos artísticos, atualmente em cinema, com o roteirista James Salinas, autor de três das cinco histórias do longa-metragem “SP: Crônicas de Uma Cidade Real”. A dupla também está em fase de pré-produção de mais cinco longas metragens que serão rodados ainda este ano.

Elder Fraga, diretor deste projeto, já dirigiu sete curtas-metragens, acumulando na carreira 36 prêmios e 24 indicações; 4 prêmios no teatro e 2 como personalidade da arte em 2018. Seus filmes foram exibidos em 24 países, passando duas vezes pelo Festival de CANNES, em 2014, com o curta “Os Bons Parceiros”, que aborda a obra do dramaturgo Plínio Marcos, e em 2015, com “Nóia – um Dia no Limite”, que conta a história de uma usuária de cocaína interpretada pela atriz Patrícia Vilela (melhor atriz em Los Angeles no The World Cinema Festival). O diretor ganhou prêmios em Nova Iork, no The Peoples Film Festiva e 49th Annual WorldFest-Houston.

O longa-metragem “SP: Crônicas de Uma cidade Real” já ganhou 6 prêmios, nacionais e internacionais:

“MELHOR FILME” – 5º Festival Brasil de Cinema Internacional (RJ – 2018).

“MELHOR DIRETOR” – Phenomena Festival (SP – 2018).

“MELHOR PRODUÇÃO” – 5º Festival Brasil de Cinema Internacional (RJ – 2018).

“MELHOR ATOR COADJUNVANTE” (Rubens Caribé) – 5º Festival Brasil de Cinema Internacional (RJ – 2018).

“MELHOR ATOR COADJUNVANTE” (Rui Ricardo Diaz) -11º LABRFF Los Angeles Brazilian Film Festival (Los Angeles – 2018).

“MELHORES EFEITOS ESPECIAIS” – NIAFFS 2018 (NOIDENTITY – International Action Film Festival (Sevilha – Espanha – 2018).