Taça das Favelas chegou ao fim: veja os times campeões

Depois de mobilizar inúmeras de favelas e mais de 40 mil jovens moradores desses territórios, em todo o estado, a Taça das Favelas São Paulo, organizada pela Central Única das Favelas (Cufa), definiu, no sábado, 1, no estádio do Pacaembu, as primeiras campeãs da sua história.

A seleção feminina do Complexo da Casa Verde venceu a de Paraisópolis, pela contagem de 2 gols a zero. As artilheiras entre os times de mulheres, com 6 gols cada, foram: Ana Karoline de Jesus Ribas, do Complexo da Casa Verde; Marluce Aureliano da Silva, de Paraisópolis, e Livyan Kétille Borges Silva, do Parque Santa Madalena.

Entre as equipes masculinas, a do Parque Santo Antônio derrotou a da Favela 1010, do Rio Pequeno, por 3 gols a 2. Os artilheiros foram: Geovane Costa Leite, do Complexo do Parque Santo Antônio; e Caíque da Silva T. Farias, da Favela do Colina, com 4 gols cada um.

O canal SporTv transmitiu as duas partidas finais e a TV Globo exibiu o jogo masculino.

Assim se manifestou o advogado guarulhense Guilherme Santos, que participou ativamente de todo o certame: “A Taça das Favelas foi fantástica, assim como o evento da final no Pacaembu. Trabalhei 8 fins de semana; ou seja em todo o evento, fazendo parte de uma equipe de 27 pessoas. Foi um aprendizado de conteúdo, organização e sugestões; tudo com muita alegria e entusiasmo de todos que se envolveram, trabalhando nesse projeto social, com as 96 favelas. Parabéns à Cufa (Central Única das Favelas), que promoveu o evento, sob idealização de Celso Athayde, que acredita que com esses eventos está produzindo felicidade, inclusão social e oportunidade aos jovens das periferias e favelas”.

fotos cedidas por Guilherme Santos