Tapar 14 mil buracos: meta que força-tarefa espera cumprir em 100 dias

Operação tapa valas_ Parque Continental III - Foto: Márcio Lino (PMG)
Operação tapa valas_ Parque Continental III - Foto: Márcio Lino (PMG)

O prefeito Guti reuniu a Imprensa na tarde desta segunda-feira para anunciar que, em parceria com a Proguaru, o Saae e a Sabesp, haverá uma força-tarefa para reforço no serviço de tapa-valas, para que, nos próximos 100 dias, sejam tapados nada menos de 14 mil buracos, número estimado em estudo feito pelo conjunto dos setores e empresas envolvidos.

Uma das razões apontadas para que tenham surgido tantos buracos nos últimos meses é que, devido ao aumento da vazão da água distribuída no município, são abertos, em média, cerca de 60 buracos por dia, somente de responsabilidade da Sabesp. “Dividimos a cidade em grandes equipes que formam duas frentes de trabalho para que consigamos, no máximo em 100 dias, atingir a plenitude no serviço, com um viário melhorado”, afirmou o prefeito Guti.

“As chuvas podem atrapalhar, por isso esperamos uma fase de estiagem para darmos início à operação. Quando o asfalto é feito fora desse período, há um desperdício de dinheiro público e de material. A partir do momento em que você sai com um caminhão carregado de matéria asfáltica, é preciso empregá-la de qualquer forma, se não você a perde. A chuva prejudica esse processo, fazendo com que o reparo dure menos tempo. Agora, com início da época mais seca, o trabalho irá render muito mais. É o que almejamos”, complementou o prefeito.

As manutenções ocorrerão das áreas mais distantes para o Centro, a começar pelas regiões com um número maior de demandas que são: Bonsucesso, Pimentas e Continental. Cumbica, Lavras, Ponte Grande, Cidade Martins, Várzea do Palácio e Centro expandido, receberão reparos de acordo com cronograma. O trabalho teve início ainda nesta segunda-feira, simultaneamente, no Parque Continental III (foto) e na região de Bonsucesso.

Respondendo perguntas de jornalistas, Guti respondeu que casos mais graves serão atendidos independentemente da escala programada. Bruno Gersosimo, assessor da presidência da Proguaru, informou que em um próximo passo será providenciado o nivelamento das tampas de poços de inspeção, pois, com os diversos recapeamentos, muitos estão com diferença de altura em relação ao pavimento.

Como informar sobre buracos

É possível solicitar o serviço de tapa valas à Proguaru, indicando o CEP e o número de onde se encontra o problema, através do WhatsApp (11) 95556-8388, pelo telefone (11) 2475-9000 ou por e-mail: faleconosco@proguaru.com.br. Já as queixas à Sabesp podem ser feitas pelo 0800 011 9911 ou pelo Whatsapp (11) 99983-4217. Além disso, o cidadão pode comparecer a uma das unidades da Rede Fácil de Atendimento ao Cidadão.