Terceirizados cogitam manter greve na quarta, mas Detran afirma que atendimento foi normal

Funcionários terceirizados, que são empregados da prestadora de serviços Oportunith, entraram em greve na manhã desta terça-feira, porque a empresa vem atrasando o pagamento dos salários, embora receba do Detran. Até hoje, 11, o crédito não havia sido efetuado nas contas, o que deveria ter ocorrido na quinta-feira, 6. O vale-alimentação estaria com dois meses de atraso e o vale-transporte só foi pago relativo aos primeiros dias do mês.

Na tarde de segunda-feira, já houve paralisação e se cogita que a greve continue nesta quarta-feira, se não houver providências.

Em janeiro já havia acontecido outra greve, pelo mesmo motivo. Na ocasião, o Detran-SP acenou com punições à empresa, caso o problema persistisse.

O Click tentou contato com a Oportunith, mas o telefone fornecido pelos funcionários consta como “não existe” e o que aparece na internet responde como
“fora de serviço”.

RESPOSTA DO DETRAN

Por meio da Assessoria de Imprensa, o Detran-SP respondeu questionamento do Click Guarulhos:

“O Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) informa que a unidade de Guarulhos opera normalmente. Os funcionários terceirizados retornaram aos seus postos de trabalho às 13h. Não houve paralisação do atendimento, pois uma força-tarefa foi realizada para atender os cidadãos. A empresa terceirizada Oportunith responde a processo administrativo por falhas no cumprimento do contrato e pode ser multada pelo Detran.SP.
Vale ressaltar que o Detran.SP oferece 41 serviços que o cidadão pode fazer de forma online, sem sair de casa, acessando o portal detran.sp.gov.br ou os aplicativos para celular e tablet.”