Por Tamiris Monteiro
Fotos: divulgação e arquivo pessoal

Se fosse possível eleger algum móvel essencial na sala, certamente, o eleito seria o sofá; afinal, a ele cabe a função de acolher de maneira confortável moradores e visitas. Mas com tantas opções de tamanhos e cores, às vezes, fica um pouco difícil escolher um modelo que seja aconchegante e também converse com a decoração. Para tornar a decisão da escolha um pouco mais fácil e prática, a Revista Guarulhos escutou a arquiteta e decoradora Erica Salguero para saber quais são as tendências e novidades relacionadas aos sofás.

 

Todo o charme e aconchego dos sofás | Click GuarulhosPrimeiro passo: leve em conta o espaço

Medir o ambiente em que o sofá será colocado é essencial. “Deixe um espaço de 70 centímetros nas laterais do sofá para circulação ou para colocar uma mesa lateral ou uma luminária, caso o espaço seja menor. A distância entre a mesa de centro e o sofá deve ser de 50 a 90 centímetros, o suficiente para a circulação; mas também não deve ficar muito longe para que as pessoas sentadas possam apoiar objetos, como controle ou copo, por exemplo”, frisa.

 

Cores

“Os tons de bege estão sempre em evidência, bem como cinza e preto. As cores escuras são mais solicitadas para casas com crianças e animais de estimação, pois disfarçam um pouco a sujeira. Nesse caso, a decoração restante do ambiente deve ser em tons claros, para não pesar muito e não dar a sensação de que o ambiente é menor”, pontua Erica.
O verde também é outra aposta, já que foi eleito como a cor do ano pelo Salão Internacional do Móvel de Milão. “Os tons variam dos mais fortes, como o verde-bandeira e o verde-esmeralda, para os mais apagados, como o abacate. Esses tons aparecem em estofados, camas, cadeiras e nas mais variadas peças de decoração”, afirma a profissional.

 

Todo o charme e aconchego dos sofás | Click GuarulhosTecidos

Suede
Os suedes ou a camurça italiana, sem dúvida, são os tecidos da vez. Por serem sintéticos, porém, com característica aveludada e textura fina, quando de boa qualidade são capazes de dispersar o calor e não reter a umidade, o que os classifica como tecidos frescos, bastante adequados para o clima brasileiro.

Veludo
Outra novidade são os sofás revestidos com veludos. “Feitos de algodão, são macios e oferecem conforto e aconchego em seu uso. Além de aquecer o ambiente, é elegante e traz muito requinte para o espaço. Nada melhor do que ter um sofá de veludo na sala para quando o friozinho chegar”, destaca Erica.

Linho
O linho segue como tendência e, segundo Erica, é uma boa opção, pois tem capacidade de impactar um ambiente pela sua beleza. “Por ser um tecido versátil, garante sucesso quando utilizado de forma harmoniosa na decoração de um ambiente. Se passar por um processo de impermeabilização, ele pode tornar-se mais resistente. Como é fibra natural, possui propriedades térmicas: tem a capacidade de absorver água e secar rapidamente. Devido a sua permeabilidade, tende a absorver a umidade e conservar a temperatura do corpo em contato com a fibra”, explica.

Pensando em custo benefício, o suede é a melhor opção, por ser um tecido confortável e a sua limpeza ser fácil. Contudo, como a maioria dos tecidos, deve ser impermeabilizado uma vez por ano, para que as manchas não penetrem no tecido.

Tamanhos e composições

Nem grande, nem pequeno: a adequação do sofá deve acontecer de acordo com o espaço disponível. Se o espaço é grande, pode-se optar por um sofá maior, com braços largos e profundos. Se o ambiente é menor, então, o ideal é escolher sofás com braços mais finos. “Grande ou pequeno, o que prevalece é o conforto, com linhas retas e limpas, pois se destacam pela beleza, versatilidade e flexibilidade de se adaptarem à realidade atual dos imóveis menores”, ressalta Erica.

Se tamanho for um problema, uma sugestão é mesclar sofá e poltronas. Os dois devem combinar na tonalidade, sendo mais apropriado um ser neutro e o outro com uma cor mais destacada. Quanto aos sofás retráteis, Erica pontua que o modelo não é muito usado na sala de estar. “Eles são mais usados nos home theaters e salas de TV. Com assentos expansíveis, continuam sendo usados porque são confortáveis e adequados para esses ambientes”.

Todo o charme e aconchego dos sofás | Click Guarulhos

Higienização e limpeza

Higienização e limpeza não saem de moda nunca; portanto, é importante ficar atento a esses detalhes. Para manter o sofá higienizado, a remoção de poeira deve ser diária, com uma flanela ou aspirador. “Uma limpeza mais profunda deve ser feita por profissionais qualificados, que vão utilizar produtos adequados para determinado tecido. Também é essencial seguir as recomendações do fabricante para limpeza e conservação do sofá. Um cuidado essencial é não deixar o móvel exposto ao sol por muito tempo, para evitar desbotamento do tecido”, recomenda Erica.