Universidade disponibiliza 30 bolsas para mães de crianças com doenças raras

O projeto Mães Produtivas, desenvolvido pelo Grupo Ser Educacional, em parceria com a Aliança de Mães e Famílias Raras (AMAR), está ofertando 30 bolsas, totalmente gratuitas, para cursos de graduação e especialização via educação a distância (EAD) da Universidade Univeritas/UNG.

O projeto foi criado pelo Instituto Ser Educacional para levar qualificação profissional para mães que não podem fazer aulas presenciais, pois são cuidadoras dos filhos. As mães de crianças com doenças raras devem conhecer as graduações pelo site da Universidade Univeritas/UNG (www.ung.br). Há opções de cursos de bacharelado, licenciatura, tecnólogo e pós-graduação. 

A entrevista das candidatas será pelo Núcleo de Atendimento ao Educando (NAE). Após a triagem, haverá o processo de seleção, inscrição e matrícula. Assim, poderão cursar a graduação via internet, estudando de 8 a 12 horas por semana. Haverá na sequência encontros aos sábados, em intervalos definidos no Ambiente Virtual de Aprendizagem.

De acordo com Eloi Lago, reitor da Universidade, o projeto oferece um recomeço, dando a oportunidade de realizar uma graduação, em diversas áreas como Pedagogia, Recursos Humanos, Administração, entre outros, podendo escolher o melhor horário para estudar, pois a plataforma fica no ar 24 horas. “Se estivermos bem, conseguimos cuidar bem do outro, e o projeto proporciona esse recomeço e a recuperação da autoestima dessas mães”, explica.

As mães que quiserem se candidatar às vagas deverão, primeiramente, obter informações através do telefone (11) 2464-1676. Os editais do programa estão disponíveis no site da Univeritas/UNG. Depois de selecionar a cidade, clicar na aba “Acadêmico” e, em seguida, em “Documentos”.