Universidade recebe agendamentos para equoterapia

Espaço oferece método que utiliza cavalos no acompanhamento de pessoas com deficiências ou necessidades especiais

A UNG está recebendo inscrições para sessões de equoterapia na Universidade. O espaço oferece o método que utiliza o cavalo dentro de uma abordagem interdisciplinar, buscando o desenvolvimento biopsicossocial de pessoas, a partir de dois anos de idade, com deficiências e/ou necessidades especiais, exceto lesões de luxação de quadril, escoliose acima de 35/40 graus, osteoporose, instabilidade atlanto axial e epilepsia. As sessões terão um custo de R$ 50,00, cerca de 50% mais baratas em comparação ao preço praticado no mercado. As vagas são limitadas.

Para realizar as sessões, o paciente deverá comparecer no Centro de Equoterapia, com o pedido médico e estar apto para iniciar os atendimentos. A equipe multidisciplinar, que será responsável tanto pela indicação do tratamento, conforme os critérios técnicos do protocolo de equoterapia, quanto pelo acompanhamento da evolução clínica da pessoa. Cada sessão terá duração de 30 minutos, praticados uma vez por semana. O tratamento é por tempo indeterminado e a alta será realizada em conjunto com a equipe.

De acordo com reitor da universidade, Eloi Lago, a equoterapia visa estimular a integração emocional do paciente, além de servir como instrumento de ensino e aprendizagem de pessoas atendidas nesta modalidade. “O intuito maior é servir a população do entorno, reforçando nossa preocupação com o bem-estar social”, explica.

O Centro de Equoterapia da UNG fica localizado na Rua Anthon Philips, 446, Vila Hermínia, Guarulhos-SP