Vacina contra gripe estará disponível para toda população na segunda, 3

Mulher é vacinada contra a gripe no Ambulatório da Criança - Foto: Fabio Nunes Teixeira/PMG

Todas as pessoas com mais de seis meses de idade, mesmo as que não fazem parte dos grupos de risco da Campanha de Vacinação da Influenza (gripe), poderão tomar a vacina contra a doença em todos os postos de saúde do País, a partir da próxima segunda-feira, 3. A medida, anunciada pelo Ministério da Saúde no final da tarde desta quarta-feira, 29, permanecerá em vigor até acabarem as doses.

A Campanha começou no dia 10 do mês passado e tinha como meta imunizar, até esta sexta-feira, 31, 90% do público-alvo composto pelas crianças menores de seis anos; gestantes; mulheres que tiveram filho nos últimos 45 dias; idosos; profissionais de Saúde; professores; indígenas; e pessoas portadoras de doenças crônicas. No entanto, como a cobertura vacinal no país ficou abaixo do esperado (75,08%), o Ministério da Saúde decidiu liberar as doses a toda a população para aumentar a proteção, uma vez que quanto mais gente imunizada, menor é a circulação do vírus.

Em Guarulhos, foram vacinadas 226.231 pessoas até o momento, sendo 218.243 dos oito grupos de risco, o que corresponde a uma cobertura vacinal de 70,22%, conforme prévia divulgada pela Secretaria de Saúde nesta quinta-feira (30). As doses, que protegem contra três tipos de vírus: A H1N1, A H3N2 e B, estão disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) da cidade.

A estratégia de vacinação contra a gripe foi incorporada no Programa Nacional de Imunizações em 1999, com o propósito de reduzir internações, complicações e mortes da população alvo para a vacinação no Brasil. A influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, que pode levar ao agravamento e à morte, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco, e que são justamente os que integram os grupos priorizados pela Campanha.No ano passado foram confirmados 1.381 óbitos por influenza no Brasil, sendo 917 por A H1N1; 129 pelo vírus A não subtipado; 78 por pelo B; e 257 pelo A H3N2. Em Guarulhos, foram dez óbitos por influenza em 2018, sendo nove decorrentes do vírus A H1N1 e um pelo vírus A não subtipado.