Veja quem são candidatos ao Senado por São Paulo

Neste ano, os eleitores paulistas irão escolher dois candidatos para serem seus representantes no Senado. Termina o mandato de Marta Suplicy (eleita pelo PT e depois foi para o MDB) e Aloysio Nunes Ferreira(PSDB). Ele já havia anunciado que não seria candidato e ela iria disputar, mas desistiu e pediu desfiliação do MDB. Havia sido convidada para ser vice de Henrique Meirelles e recusou. Diz estar descrente dos partidos. (só ela??). José Serra, eleito em 2014, tem mais quatro anos de mandato.

Mas, quem quiser votar em alguém com sobrenome Suplicy não passará vontade: o atual vereador paulistano é candidato ao Senado pelo PT novamente. O partido também tem Jilmar Tatto concorrendo ao Senado.

Pelo PSDB, há dois deputados federais candidatos ao Senado: Ricardo Tripoli e Mara Gabrilli. Ele se notabilizou pela defesa do meio ambiente. Ela, pelas denúncias que fez de corrupção na Prefeitura de Santo André, durante governos petistas. O pai dela era dono de empresa de ônibus e sofreu pressões para vender a Cia. a um aliado do PT, que acabou preso pela Operação Lava-Jato.

O PSB do governador Márcio França lançou para concorrer ao Senado a atleta Maurren Maggi e, em coligação com o Podemos, também o vereador paulistano Mário Covas Neto, filho do falecido governador e tio do atual prefeito da Capital, Bruno Covas. (o candidato, na foto, em visita à redação do Click, em maio/2018)

O PSL, partido de Bolsonaro, terá como candidato ao Senado o Major Olímpio. Antes cotada para concorrer ao Senado, a jornalista Joyce Hasselmann será candidata a deputada federal.

O PSol lançou ao Senado os nomes de Silvia Ferraro e de Daniel Cara.

O PRTB não referendou o nome do ex=deputado estadual Jair Andreoni para concorrer ao Senado. Apenas o parceiro Major Olímpio (PSL) disputará uma das duas vagas. Levy Fidélix será candidato a deputado federal.

CANDIDATOS A VICE-GOVERNADOR

Duas policiais militares são candidatas a vice-governador de São Paulo: a coronel PM Eliane Nikoluk concorre na chapa de Márcio França (PSB); a tenente-coronel PM Carla Basson é a vice de Paulo Skaf (MDB).

A chapa de João Dória (PSDB) será completada pelo deputado Rodrigo Garcia (DEM), ex-secretário de Habitação do governo Alckmin.

Luiz Marinho, candidato do PT, terá como vice a professora de psicologia da PUC Ana Mercês Bahia Bock, também do PT.

Rodrigo Tavares, guarulhense, é o candidato a governador pelo PRTB, tendo Jairo Glikson como vice. O PRTB terá como vice do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) o general Humberto Mourão.