Vidas Refugiadas integra IV Jornada de Fotografia na Univeritas/UNG Guarulhos

Exposição no Campus Guarulhos da Univeritas/UNG aborda a vida cotidiana de refugiados - Foto: Divulgação

Em parceria com a Subsecretaria da Igualdade Racial, foi aberta nessa segunda-feira (19) a Exposição Vidas Refugiadas, que compõe a IV Jornada de Fotografia da Univeritas/UNG, Campus Guarulhos, em comemoração ao Dia da Fotografia, 19 de Agosto.

A abertura do evento contou com a participação do fotógrafo Victor Moriyama, que abordou o “O caminho da fotografia autoral”, narrando suas experiências profissionais, especialmente com as mulheres refugiadas retratadas no projeto da exposição, além do recente trabalho na região de Roraima, retratando a migração venezuelana.

Para o professor dos cursos de Fotografia, Jornalismo, Publicidade e Propaganda da universidade, Alex Francisco, a parceria com Prefeitura ajudou a colocar os alunos de fotografia em contato com um projeto que vai além da técnica, já que a exposição instiga a refletir sobre a realidade social que vai além do micro espaço que habitamos. A ideia é fazer o jovem fotógrafo refletir sobre o papel social da fotografia.

O gestor da Igualdade Racial, Anderson Guimarães, parabenizou a Universidade pela iniciativa em levar a discussão da migração aos seus estudantes, pelo viés cultural, evidenciando o compromisso social e inclusivo da instituição.

A Exposição está no saguão do Prédio “F” do Campus Guarulhos, na Praça Tereza Cristina, 88, onde permanecerá até o dia 20 de setembro. Entrada Gratuita.